domingo, 16 de julho de 2017

EFEMÉRIDES RIO-GRANDENSES - 17 DE JULHO


Em 17/07/1983, morria o poeta, folclorista, professor, jornalista e tradicionalista, Glaucus Saraiva.  
Um dos nomes mais importantes do tradicionalismo gaúcho, Glaucus foi fundador da Estância da Poesia Crioula, fundador do 35 CTG, do qual foi o primeiro Patrão. 
Idealizou e foi o primeiro Diretor Técnico do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, criado  em 27/12/1974.  Também foi o idealizador do Parque Histórico Bento Gonçalves, na Estância do Cristal, em Camaquã.
Criou o Galpão Crioulo do Palácio Piratini, cenário que hoje leva o seu nome.
É autor da Carta de Princípios do MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho, o mais importante documento para a fixação da ideologia e dos compromissos tradicionalistas, aprovada no 8º Congresso Tradicionalista, em julho de 1961 em Taquara – RS.   
Também é autor da nomenclatura simbólica do tradicionalismo, que estabelece os cargos dos centros de tradição.  
É de sua autoria o poema clássico “Chimarrão”, um dos mais declamados pelos peões e prendas de todo os rincões. 
Como escritor, publicou o Manual do Tradicionalismo e o Catálogo da Mostra de Folclore Juvenil. 
Glaucus Saraiva da Fonseca nasceu  em São Jerônimo no dia 24 de dezembro de 1921.


Nenhum comentário:

Postar um comentário