segunda-feira, 26 de março de 2012

5º CANTO MISSIONEIRO COMEÇA DIA 29

O 5º Canto Missioneiro da Música Nativa, inicia na próxima quinta-feira, 29 de março com boas atrações para o público que comparecer a Santo Ângelo.
De quinta a sábado as atividades são realizadas no Teatro Antônio Sepp e, no domingo, a grande final acontece na praça Pinheiro Machado, em frente a Catedral Angelopolitana, cenário ímpar, belo e de alta relevância cultural e histórica.
Confere a programação e comparece a Capital Missioneira:
DIA 29 - QUINTA-FEIRA
19h30: Espetáculo com Trovadores Missioneiros
José Estivalet - Valter Portalete - Paulo Davi

20h30: Etapa Local - 10 músicas concorrentes
22h30: Espetaculo  com Antonyo Rycardo.
DIA 30 – SEXTA-FEIRA
19h30: Abertura Oficial
20h: Espetáculo com Mauro Thomé

21h: Etapa Geral  - 9 músicas concorrentes
23h: Espetáculo com João de Almeida Neto
DIA 31 – SÁBADO
19h: Espetáculo com o Grupo Estampa Crioula
20h: 4º Canto Piá Missioneiro - 12 concorrentes
22h: Etapa Geral - 8 músicas concorrentes
23h30: Espetáculo com Shana Muller
DIA 01 DE ABRIL - DOMINGO
19h: Etapa Final - 14 músicas finalistas
22h: Espetáculo "Os Angüeras -  50 Anos"
23h: Resultado e premiação.  

domingo, 25 de março de 2012

OPINIÃO DO JOÃO SAMPAIO

Reproduzo abaixo o texto que recebi do meu amigo João Sampaio, grande poeta, compositor e pesquisador da história, da cultura e do folclore riograndense, no qual ele manifesta sua opinião sobre o  que "não" acontece com a música regional gaúcha quando são produzidos filmes, novelas e seriados, cujos roteiros abordem temas ligados ao Rio Grande do Sul.   O tema merece reflexão. 
Grato, João Sampaio.


O QUE ESPERAMOS DO FILME O TEMPO & O VENTO BASEADO NO ROMANCE HOMÔNIMO DE ÉRICO VERISSIMO.                                                    
 Por João Sampaio.
O Facebook e as redes sociais foram inundados por manifestações veementes e indignadas contra a performance da XUXA em mais um programa global, onde com um sotaque exageradamente caricatural,teria ofendido os suscetíveis e excelsos brios do nosso Rio Grande do Sul.
Seguidamente acontecem injustiças muito mais virulentas e devastadoras contra o nosso patrimônio cultural e ninguém protesta e nem tampouco se insurge com a mesma veemência do caso da XUXA. E não estou defendendo ela, muito pelo contrário, quem renega as suas origens, realmente não merece o nosso respeito.
Mais de uma vez a grande mídia, de maneira artificial e postiça, lá nos grandes veículos e redes  onde são fabricados os falsos sucessos, gestados nas poderosas e mercantilistas oficinas da comunicação de massa, perpetrou verdadeiras injustiças, altamente desrespeitosas para com a cultura do nosso povo e da nossa terra, contra os quais me insurgi solitariamente na época e sobre os quais não posso deixar de voltar a me manifestar: Quando transformaram  em minissérie (lá na década de 80 do século passado) o romance O TEMPO & O VENTO, que resgata a saga do povo gaúcho, não sei se por razões mercadológicas ou subalternas, na trilha sonora da mesma, não teve sequer UMA música com temática e intérprete genuinamente gaúcho. Na ocasião a trilha sonora foi feita pelo grande TOM JOBIM e com todo o respeito reverente que devotamos a sua genialidade, a música dele não tem nada a ver conosco e muito menos com a nossa História.
Mas ninguém protestou e isso passou, como tudo passa nesta vida.E aí?
Aí que passado mais algum tempo, o raio caiu de novo no mesmo lugar, causou o mesmo estrago e novamente ninguém protestou.Quando foi isso?
Foi durante outra minissérie, A CASA DAS SETE MULHERES, que teve todo o apoio logístico e publicitário do Governo do Estado de então e NOVAMENTE NENHUMA MÚSICA na trilha sonora. A única música com temática mais aproximada com a nossa digital foi MERCEDITAS, um chamamé argentino. Cantado por quem? Ora pela grande GAL COSTA, com aquele estupendo, natural e perfumado sotaque gaudério da nossa mulher gaúcha!!!
Apenas para comparar: Já imaginaram se ao fazerem uma minissérie na e sobre a Bahia, baseada em um romance do grande JORGE AMADO, além de não ter uma música sequer baiana, ainda colocassem no  lugar da IVETE SANGALO, do CAETANO VELOSO, do GILBERTO GIL, da DANIELA MERCURY e de outros luminares da rica e multifacetada musicalidade baiana, o JUCA GAUDÉRIO para cantar LA CUMPARSITA? Pois, resguardada a proporção,foi exatamente o que aconteceu aqui. Com a cumplicidade silenciosa e omissa da nossa classe artística e das instituições culturais do Estado na época
Agora corremos o risco de o raio cair (se isso acontecer, que esperamos que não,terá que ir para o GUINESS!) pela terceira vez no mesmo lugar.
O TEMPO & O VENTO, o romance cíclico e épico sobre a saga da PÁTRIA GAÚCHA, vai virar filme  e terá a direção do competente JAYME MONJARDIM, o mesmo que dirigiu A CASA DAS SETE MULHERES.Desejamos ao MONJARDIM, ao elenco e a sua equipe todo o sucesso, nessa empreitada em mostrar para o Brasil e o mundo como foi forjado  O VERDADEIRO HOMEM GAÚCHO aqui do garrão da Pátria Brasileira.
Esperamos igualmente, que além de retratarem com FIDEDIGNA FIDELIDADE, a nossa indumentária, a nossa gastronomia,a nossa culinária, os nossos usos e costumes, a densidade sociológica da nossa gente, o nosso inconfundível sotaque, RESPEITEM também  o nosso brio e a NOSSA MÚSICA  feita pelo nosso povo, que deve estar atento e em prontidão, para protestar democraticamente, com a mesma veemência e rigor com que o fez em relação a XUXA.
Esperamos, de espírito desarmado como é próprio do gaúcho, Dom JAYME MONJARDIM, que tantas vinculações tem com o nosso povo e a nossa terra, que além de ser filho de uma artista referencial na música brasileira, de ter sido casado com a gaúcha DANIELA ESCOBAR, vizinha aqui da lindeira São Franscisco de Borja, que consigas com qualidade e honestidade cultural  e artística, transpor para  a tela a obra-prima do nosso grande ÉRICO VERISSIMO (tão grande  e vasto quanto a sua obra!) SEM AS SIMPLIFICAÇÕES GROSSEIRAS e AS MUTILAÇÕES  das duas outras vezes anteriores.
Sejam benvindos, JAYME MONJARDIM, FERNANDA MONTENEGRO,THIAGO LACERDA, CLEO PIRES e todo o elenco bem como técnicos e equipe de apoio.
Nós, antropólogos intuitivos da herança cultural deste sul do Brasil, vamos continuar aqui na barranca da fronteira, de cavalo encilhado e lança afiada, para, se preciso,protestar e nos insurgirmos com a mesma galhardia e  guapeza, do nosso antepassado farrapo que com seu suor e seu sangue,tornou, por opção patriótica, este chão Brasil, pois também acreditamos (parafraseando JOSÉ MARTÍ) que um povo SÓ É DONO DO SEU DESTINO QUANDO FOR TAMBÉM DA SUA CULTURA
           Como me disse um paisano     
              Filho de um pago feliz
              Numa sentença criolla
              Que eu repito e peço bis:
              “BIENVENIDOS LOS DE AFUERA
              SE RESPETAN MI PAÍS!!!!!!!!!!!!!!!”
                                  Itaqui(RS),23  de Março de 2012.

terça-feira, 20 de março de 2012

SHOW DO #BUENAS_2 NA REDENÇÃO

O aniversário da capital de todos os gaúchos será ainda mais especial em 2012! As comemorações da Semana de Porto Alegre terão início no domingo, dia 25 de março, às 18h30, com uma apresentação gratuita no Parque da Redenção do Buenas e M’Espalho, o bem sucedido projeto de música regional para todas as tribos que uniu os músicos Cristiano Quevedo, Shana Müller, Érlon Péricles e Ângelo Franco. Este show, no espaço mais democrático da capital gaúcha, marca também o lançamento do segundo trabalho deles, chamado #Buenas_2. O novo álbum foi lançado no final do ano passado e foi recentemente indicado como Melhor Disco Regional no Prêmio Açorianos de Música!
A performance prevista para o próximo dia 25 no Parque da Redenção é a realização de um sonho de todos os envolvidos no Buenas e M’Espalho: criando uma oportunidade de levar a música gaúcha até o coração de todo o Rio Grande! Após a apresentação, o #Buenas_2 seguirá pelo interior do Rio Grande do Sul. A parada seguinte será no dia 30 de março, na Festa Crioula, em Bagé. Buenas e M’Espalho por todo o estado, ao alcance de todos e do jeito que gostamos de ouvir.
“Aguardo ansioso por esse encontro”, afirma Cristiano Quevedo. E esse sentimento é compartilhado também pelos colegas. “É de fato um sonho se tornando realidade”, concorda Ângelo Franco. E Érlon Péricles finaliza: “O Parque da Redenção é uma referência em Porto Alegre, e se sentir parte de um cenário cultural tão abrangente como esse é a minha maior alegria”.

No repertório de #Buenas_2 pode-se destacar composições autorais, além de regravações de clássicos gaúchos e latino-americanos. O nome do disco foi a maneira encontrada pelos quatro artistas para ligar a arte regional a linguagem dos novos tempos, uma vez que desde seu princípio o projeto Buenas e M’Espalho busca a comunicação da juventude da cidade com as temáticas do cancioneiro nativista. Nesse caso, uma clara referência à linguagem das novas plataformas de comunicação em redes sociais, como o Twitter e o Facebook. O álbum é uma parceria com a gravadora ACIT, e já se encontra disponível para a venda nas principais lojas do ramo.


SERVIÇO:
Show #Buenas_2
Domingo, dia 25 de março, às 18h30
Parque da Redenção – Porto Alegre – RS
Entrada Gratuita
BUENAS E M’ESPALHO
(051) 9331-7979
www.buenasemespalho.blogspot.com

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA:
Adriano Cescani e Robledo Milani
Phosphoros Novas Ideias
Porto Alegre – Rio Grande do Sul - Brasil
(51) 3012.6810 – (51) 8184.1561
phosphoros@phosphoros.com.br 
www.phosphoros.com.br

domingo, 18 de março de 2012

MINHA MAE FALECEU


Amigos e amigas.

É com profunda tristeza que informo o falecimento da minha querida mãe, Dona Maria Oliveira dos Reis, as 3h40min deste domingo.  Ela tinha 86 anos de idade, completos no dia 25 de dezembro passado.
O sepultamento será em Santo Antônio da Patrulha, as 17h30min de hoje mesmo. O velório é no Salão da Igreja Episcopal, situado a Rua Paraná.
Nada do que eu possa escrever aqui no blog poderá retratar o que a mãe representou, e representará sempre, na minha vida.
Exemplo de dedicação.
Do seu jeito simples, por vezes pacato, ele sempre tinha a palavra certa a nos dizer e o melhor caminho a indicar.
Que Deus a tenha.
Grato a todos pelo carinho e pela atenção.

sábado, 17 de março de 2012

5º CANTO MISSIONEIRO - CONCORRENTES

Comissão de Triagem:  Jairo, Tadeu, Jean, Juliana, Loma e Jorge.

Foram definidos os concorrentes no 5º Canto Missioneiro da Música Nativa, festival que acontecerá de 29 de março a 1º de abril na cidade missioneira de Santo Ângelo. Também foram eleitos os concorrentes no 4º Canto Piá Missioneiro,  certame para jovens intérpretes.
A triagem das mais de 850 obras inscritas foi realizada nos dias 15 e 16 de março, com a presença dos cinco jurados: Jean Kirchoff, Juliana Spanevello, Jorge Freitas, Loma e Tadeu Martins.
Os classificados são os seguintes:

FASE GERAL
1. A Marca do Homem Sulino       
Letra: Rodrigo Bauer                    
Melodia: Ita Cunha 
2. A Palavra da Terra                   
Letra: Jaime Vaz Brasil                 
Melodia: Adriano Sperandir         
3. A Prece do Missioneiro
Letra: Rômulo Chaves                 
Melodia: Robledo Martins            
4. Anahy de Las Misiones
Letra: Binho Pires   
Melodia: Duca Duarte                   
5. Condor Ameríndio                     
Letra e Melodia: Miro Saldanha  
6. Estampa Missioneira                
Letra: Eron Carvalho/ Luiz Rosado
Melodia: Zulmar Benitez
7. Generoso             
Letra: Flori Wegher
Melodia: Zulmar Benites               
8. Grito da Terra
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Carlos Machado            
9. Mangruyando      
Letra: Diego Müller 
Melodia: Miguel Dario Diaz
10. Missioneiro É    
Letra: Binho Pires
Melodia: Érlon Péricles/Elton Saldanha                   
11. No coração da Minha Gente
Letra: Fernando Soares               
Melodia: Jari Terres
12. O Meu Canto Missioneiro
Letra e Melodia: Ângelo Franco
13. "Pura Buxa"      
Letra: Valdomiro Mello/João Pantaleão
Melodia: Valdomiro Mello             
14. Querência Em Mim                 
Letra: Jaime Vaz Brasil                 
Melodia: João Bosco Ayala         
15. Regionalistas    
Letra: Davi Teixeira/Emerson Fernandes               
Melodia: Matheus Alves               
16. "Uma Rima Pro Azar"               
Letra: João Sampaio/Diego Müller/Severino Rudes. Moreira
Melodia: Sérgio Rosa                   

FASE LOCAL
1. Missioneiro Tio Bilia
Letra: Olgi Zaulza Kreyci
Melodia: Rubilar Ferreira/Celso Braz
2. Esse Jeito Missioneiro
Letra: Sadi Prestes Rodrigues
Melodia: Cláudio Vargas
3. O Melhor Lugar Que Há
Letra:  Luiz Eduardo S. de Freitas/ Bruno Meotti
Melodia: Bruno Meotti
4. Outro Arrebol
Letra: Hugo Edegar Prestes
Melodia: Arlindo Agostinho Filho
5. Solidão, Sonho e Invernias
Letra e Melodia: José Mauro Nardes
6.  Sete Povos - Sete Quedas
Letra:  Luis Alberto Simões Pires/Sadi Ribeiro
Melodia:  Sadi Ribeiro
7.  A Noite e Seus Mistérios
Letra e Melodia:  Claudino de Lucca
8.  De Silêncio à Redução
Letra e Melodia: Vagner Pizzolotto da Costa
9. De Sonhos e Invernias
Letra e Melodia: Antônio Alberto Fontoura
10.  O ùltimo Sapucaí do Tiaraju
Letra: Silvano Saragoso
Melodia:  Kauanny Klein

4º CANTO PIÁ - MIRIM
1. Barbara Dorneles Corrêa
2. Cássio Castilhos de Oliveira                         
3. Flávia Corrêa Bazzan      
4. Giuliana Machado Lemos                             
5. Maria Eduarda dos Santos                           
6. Pietra Keiber                     

4º CANTO PIÁ - JUVENIL
1. Eduardo Rosa               
2. Ingrid Rodrigues Militão
3. João Paulo Deckert      
4. Maria Luiza Braatz Ferran                        
5. Nicole Carrion                
6. Pedro Freitas Flores     

1º CANTO CAMPEIRO - FESTIVAL REGIONALISTA


Surge no Rio Grande do Sul mais um festival de música regionalista. É o  Canto Campeiro, que acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de abril de 2012, no Parque de Eventos da ETA – Escola Técnica de Agricultura, no município de Viamão/RS. O prazo de inscrições encerra no dia 28 de março de 2012, impreterivelmente.
Serão selecionadas doze composições inéditas, para as quais será oferecido a título de premiação pela classificação,o valor de R$ 1.000,00 para cada obra. Aos vencedores serão oferecidos troféus como premiação simbólica.
Realizado pela produtora cultural Jandira Moraes, o evento conta com apoio da Lei de Incentivo à Cultura, através da SEDAC/RS.  
Confira abaixo o  regulamento completo do festival:
REGULAMENTO DO 1º CANTO CAMPEIRO
Festival de Canções:
I – 1° Canto Campeiro
Promoção: *Jandira Moraes – Produtora Cultural
DATA: 13, 14 e 15 de abril de 2012
LOCAL: Parque de Eventos da ETA – Escola Técnica de Agricultura
Endereço: RS 040 – Parada 64 – Viamão - RS

Art. 1° - O 1° CANTO CAMPEIRO será promovido pela produtora cultural *Jandira Moraes, através de uma comissão organizadora.
Art. 2° - O 1° CANTO CAMPEIRO será realizado nos dias 13, 14 e 15 de abril de 2012, no Parque de Eventos da ETA – Escola Técnica de Agricultura, em Viamão/RS.
II - DOS OBJETIVOS e ESTILO MUSICAL:
Art. 3º. - Valorizar a música regionalista do Rio Grande do Sul, através de autores, músicos, poetas e intérpretes de todo o território nacional.
Art. 4º. - Integrar a comunidade viamonense aos valores culturais da música regional do Rio Grande do Sul.
Art. 5º. - Reafirmar Viamão no cenário dos Festivais de música do Estado, promovendo a integração de poetas, músicos, intérpretes, críticos e imprensa em geral.
Art. 6º. – Promover a cultura e o turismo com desenvolvimento sustentável através da arte.
Art. 7º. - Estimular a cultura e o turismo, desenvolvendo a cadeia produtiva sócio-econômico para quem vive das fontes de renda geradas pela música.
III - DA PARTICIPAÇÃO E INSCRIÇÃO:
Art. 8° - Poderão participar do festival de música, autores de todo território brasileiro desde que abordem a temática regionalista do Rio Grande do Sul.
Art. 9° - O número de composições inscritas por autor é livre, porém, a Comissão Julgadora poderá classificar ATÉ DUAS composições por autor ou parceria.
Art. 10º - As letras das músicas que concorrerão no 1° CANTO CAMPEIRO deverão ser escritas na língua portuguesa, podendo apresentar apenas palavras e citações na língua espanhola ou expressões reconhecidas no linguajar gaúcho.
Art. 11° - As composições inscritas devem ser inéditas tanto na letra quanto na melodia, ou seja, não poderão ter sido gravadas em Vinil, CD, Fita k-7, Vídeo, Comercial, Filme ou similares, nem registradas em livros, revistas, sites ou similares.
Art. 12º. - As composições não poderão exceder cinco minutos de duração.
Art. 13° - A denúncia de não ineditismo de alguma música ou de algum participante que não se enquadre neste regulamento deverá ser feita por escrito até o final da apresentação da última música concorrente, mediante prova concreta da denúncia à comissão do festival.
Art. 14° - Cada composição deverá ser enviada em envelope lacrado, contendo o CD com a música e 6 (seis) cópias digitadas da letra (sem identificação de autores e intérpretes, tanto nas cópias como no CD) e a ficha de inscrição devidamente preenchida e em envelope lacrado dentro do envelope principal. No mesmo CD e envelope poderão ser colocadas mais de uma composição inscrita, desde que devidamente identificado o título das músicas.
Art. 15º. – As INSCRIÇÕES poderão ser feitas de 12 a 28 de março de 2012, impreterivelmente, devendo ser encaminhadas para a produtora cultural Jandira Moraes, Rua Oliveira Lopes, 172, Bairro Sarandi, CEP 91120-430, Porto Alegre/RS.
Art. 16° - Ao inscrever-se, o concorrente estará acatando, implicitamente, o que se refere a todos os artigos constantes neste regulamento.
Art. 17º. – Os autores das composições classificadas deverão entregar à Comissão Organizadora, até a data do festival, AUTORIZAÇÃO, autenticada em cartório da música a ser gravada no CD do festival, sob pena de desclassificação.
Art. 18° - Os músicos concorrentes deverão portar a carteira profissional ou licença expedida pela delegacia da OMB, bem como estar em dia com o Sindicato dos Músicos Profissionais.
IV – HORÁRIO DE ENSAIO E PASSAGEM DE SOM
Art. 19° - Das 15h00min às 19 horas dos dias 13,14 e 15 de abril de 2012, sendo que será comunicado aos autores ou responsáveis, os devidos horários e a ordem de apresentação das músicas no festival.
V – DA SELEÇÃO
Art. 20° - Serão selecionadas 12 composições que concorrerão com igualdade de condições no 1º CANTO CAMPEIRO.
VI – DA GRAVAÇÃO DO CD
Art. 21° - Os autores cedem os direitos de gravação e distribuição do CD do 1º CANTO CAMPEIRO à Comissão Organizadora, ressalvados os direitos autorais.
Art. 22° - Após a seleção dos jurados o CD será gravado com as 12 músicas classificadas para concorrer às premiações do festival.
VII – DOS PROFISSIONAIS DA IMPRENSA
Art. 23° - Órgãos de imprensa que tiverem interesse em transmitir o festival, devem entrar em contato com a comissão organizadora.
VIII – DO CREDENCIAMENTO
Art. 24° - O credenciamento deverá ser feito no local do evento.
VIII – COMISSÃO JULGADORA, SELEÇÃO e APRESENTAÇÃO:
Art. 25° - A organização do 1º CANTO CAMPEIRO constituirá uma Comissão Avaliadora Técnica formada por artistas de reconhecida capacidade no meio cultural do Rio Grande do Sul.
Art. 26° - A Comissão Avaliadora Técnica será formada por três componentes, um de cada classe dos poetas-compositores, músicos instrumentistas e intérpretes.
Art. 27° - No dia 13 (sexta-feira) às 20 horas será dado início ao festival com a apresentação das 06 (seis) primeiras músicas concorrentes do 1º CANTO CAMPEIRO, seguida de show. No dia 14 (sábado) às 20 horas será realizada a apresentação de mais 06 (seis) músicas concorrentes do 1º CANTO CAMPEIRO, seguida de show. No dia 15 (domingo) a partir das 20 horas, reapresentação das 12 músicas concorrentes, show, divulgação das vencedoras do 1º CANTO CAMPEIRO: 1º, 2º e 3º lugar; Melhor Tema Campeiro; Melhor Arranjo; Melhor Intérprete; Melhor Instrumentista; Canção mais popular. Entrega dos troféus, seguido de solenidade de encerramento concluindo as atividades do festival.
IX – DA PREMIAÇÃO
Art. 28° Os prêmios instituídos pelo festival são os seguintes:
- R$ 1.000,00 (mil reais) de premiação para cada uma das 12 músicas selecionadas na triagem.  
- Troféus para:
- 1º Lugar do Canto Campeiro  
- 2º Lugar do Canto Campeiro
- 3º Lugar do Canto Campeiro
- Melhor Tema Campeiro
- Melhor Arranjo
- Melhor Intérprete
- Melhor Instrumentista
- Canção mais popular
IX – DO DA ESCOLHA DA MELHOR CANÇÃO PELO VOTO POPULAR
Art. 29° - Na categoria de “Canção mais Popular” a organização do festival distribuirá na entrada do evento, juntamente com as letras das 12 músicas selecionadas, cédulas para votação. Todos os dias, após as apresentações dos concorrentes, o público deverá depositar seu voto em urna específica, localizada na entrada do local das apresentações.
Art. 30°- Todos os casos omissos a este regulamento serão resolvidos SOBERANAMENTE pela comissão organizadora do Festival e produção do festival.

CONTATOS:
Comissão Organizadora
José Oliveira Estivalet
Fone: (51) 9971-7694
Jorgina Jandira de Moraes
Fone: (51)9944-2233
E-mail: jandirapmoraes@yahoo.com.br

*Ilustramos que o nome da produtora é Jorgina Jandira de Moraes, porém seu nome profissional é Jandira Moraes.

FICHA DE INSCRIÇÃO  -         FESTIVAL 1º CANTO CAMPEIRO DE VIAMÃO

Ficha de inscrição de Canções n°______________ (Não Preencher este campo)

Composição:_____________________________________________________

Autor Letra:______________________________________________________

Endereço:_______________________________________________________

E-mail:_______________________________________TEL._______________

Cidade:_______________________________CEP:______________________

RG:___________________________CPF:___________________________

Autor Música:___________________________________________________

Endereço:_______________________________________________________

E-mail________________________________________TEL.______________

Cidade:________________________________CEP:_____________________

RG:_____________________________CPF:__________________________

DECLARAÇÃO: Declaramos que as informações dadas nesta ficha são verdadeiras e que aceito (amos) as condições deste regulamento, bem como estamos cientes do contido no Art. 17º deste regulamento que no caso de classificação, a remeter, até a data do evento, as autorizações para gravação de CD, com firmas reconhecidas em Cartório, sob pena de desclassificação e a sua substituição pela primeira suplente.

__________________________, ____ de ______________________ de 2012.




______________________________              _____________________________

Assinatura do Autor da Letra                               Assinatura do Autor da Música

quinta-feira, 8 de março de 2012

ÀS MULHERES

Estelinha, minha amada e fiel companheira.
Neste dia 08 de março, é com muito gosto que registro minha homenagem ás Mulheres, estas criaturas de fundamental importância na vida de cada um de nós. Que seus dias sejam de muito amor, beleza, candura e, principalmente, de paciência para suportar as frequentes arrogâncias masculinas. 
Nas pessoas da minha querida mãe, dona Maria Oliveira dos Reis, que luta pelo restabelecimento  de sua saúde lá no hospital de Santo Antônio da Patrulha, e da minha mulher amada e fiel companheira nos últimos 15 anos, Estela Mares Lauser,  eu deixo meu carinho e o meu abraço a todas as Mulheres do universo.

domingo, 4 de março de 2012

LITORÂNEOS NO AÇORIANOS


Parabéns aos amigos Mario Tressoldi, maestro e violeiro dos buenos, e Adriana Sperandir, excelente intérprete, pelas indicações no Prêmio Açorianos de Música 2011, cuja cerimônia de entrega acontece no dia 09 de maio de 2012, no Theatro São Pedro.

sexta-feira, 2 de março de 2012

BUENAS E M'ESPALHO NA FESTA DA UVA

É nesta sexta-feira, 03 de março, o espetáculo do Buenas e M'Espalho na Festa da Uva, em Caxias do Sul.
O show, com inicio previsto para as 20 horas, marca o lançamento do CD #Buenas 2, mais recente produção do projeto que tem como estrelas os cantores Ângelo Franco, Cristiano Quevedo, Érlon Péricles e Shana Muller. O disco foi relacionado entre os indicados ao Prêmio Açorianos de Música 2011.
  

quinta-feira, 1 de março de 2012

INDICADOS AO AÇORIANOS DE MÚSICA 2011

A Coordenação de Música da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre divulgou a lista com os indicados do Prêmio Açorianos de Música 2011 na categoria Disco, Menção Especial e o Homenageado do Ano. 

No Gênero Regional, os indicados são os seguintes: 
Compositor:
- Airton Pimentel por “Léguas de Milonga”
- Ewerton Ferreira por “Restos de Silêncio”
- Jairo Lambari Fernandes por “Cena de Campo”
- Lisando Amaral por “Canto Ancestral”
- Mauro Moraes por “Num Bolicho da Linha Melódica”
Intérprete
- Joca Martins por “25 Anos”
- Marco Aurélio Vasconcellos por “Já Se Vieram!” de Marco Aurélio Vasconcellos e Martim César Gonçalves
- Pirisca Grecco por “Clube da Esquila”
- Porca Véia por “Do Mesmo Jeito”
- Walther Morais por “Chamarrona de Campanha”
Instrumentista:
- Luciano Maia por “Talareando”
- Lucio Yanel por “Folclore Argentino”
- Marcello Caminha por “Riograndenses” de César Oliveira e Rogério Melo
- Negrinho Martins por “25 Anos” de Joca Martins
- Valdir Verona por “Uma Viola Ao Sul”
Disco:
“# Buenas_2” de Buenas e M’espalho
“100% Gaúcho” de Tchê Barbaridade
“25 Anos” de Joca Martins
“Folclore Argentino” de Lucio Yanel
“Riograndenses” de César Oliveira e Rogério Melo

Homenageado do Ano:
- Conjunto Farroupilha pelo conjunto da obra
Menções Especiais:
- Banda Apocalypse – 25 anos
- Galpão Crioulo – 30 anos
- Luiz Carlos Borges – 50 anos de carreira
- Luiz Osvaldo Leite – Representatividade histórica musical
- Plauto Cruz – 60 anos de carreira

Fonte: Coordenação de Música