sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

PARA JOCA E JULIANA


Queridos amigos Joca Martins e Juliana Spanevello. 

Recebi por email, algumas canções do CD "Folclore & Cantoria" e lhes digo que gostei demais das músicas que ouvi. Me permitam eleger como destaques do disco a faixa título "Folclore e Cantoria", que somado a milonga "Chimarrão", ao fantástico dueto no chamamé "Sureño", a sempre bonita "Sábio do Mate" e a contagiante "Pandeiro, Lua Redonda", farão deste trabalho um dos mais importantes e bem sucedidos do ano de 2016. Além das magistrais interpretações de vocês dois e da qualidade musical incontestável, é possível perceber um grande esmero técnico na concepção dos arranjos melódicos e instrumentais.
Me sinto um privilegiado, podendo testemunhar tamanha competência artística e profissional.
Parabéns a todos os envolvidos nesta "obra de arte".
Contem comigo sempre.

Saúde, sucesso e um baita abraço.

JAIRO REIS
Produtor e Comunicador
Divulgador da Cultura Gaúcha

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

HOJE É ANIVERSÁRIO DO GERMANO

Hoje é aniversário dele, o meu amado filho Germano Reis​  !!!   
Além de ser um dos herdeiros da "minha fortuna",  ele é meu amigo, meu parceiro, meu artista predileto e acima de tudo, um figura humana das melhores.   Músico, cantor, compositor, ator, motivo de orgulho pra mim e para toda a nossa família Reis. 
Um guri dos buenos !!!    Sim... porque pra gente que é pai, eles serão sempre os nossos guris. 
Que Deus o abençoe, hoje e sempre, concedendo-lhe saúde, paz, alegrias e muitas conquistas, tanto na vida pessoal quanto na profissional. E que o "Patrão Velho Lá de Riba" permita-me viver muito tempo ainda, pra que eu possa aplaudi-lo e vê-lo brilhar cada vez mais. 
Meu ídolo.     Amo demais.
Parabéns e um beijo do pai.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

GRUPO "OS 4 GAUDÉRIOS" LANÇA "QUERO UMA VANEIRA"


O CD “Quando a Alma Canta” está quase saindo do forno e o conjunto “Os 4 Gaudérios” antecipa às rádios e aos apreciadores da música tradicional gaúcha, a música “Quero uma Vaneira”, de autoria do poeta Eron Carvalho e do acordeonista Sérgio Rosa.

“Quero uma Vaneira” promete ser um sucesso, assim como todo o repertório do 9º CD do conjunto, que deverá ser lançado nos próximos meses. 
Com sede em Erechim, o grupo “Os 4 Gaudérios” vem se firmando no mercado de bailes como um dos mais promissores conjuntos. 

É a nova geração da música regional gaúcha. 

Mais informações: www.os4gauderios.com.br.


Daiana Silva - Jornalista
daianasilva.jornalista@gmail.com
(51) 8187.0085

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

EFEMÉRIDES RIO-GRANDENSES - 07 DE JANEIRO

07/01/1921:  Nasce em São Jerônimo, o escritor Josué Marques Guimarães
Josué Guimarães tornou-se famoso nacionalmente pelos seus romances, mas iniciou sua vida profissional muito cedo, como jornalista.  Também atuou como ilustrador, diagramador, cronista, comentarista, redator, repórter e redator-chefe de jornais e revistas.
Escrevia para os jornais Folha de São Paulo, Zero Hora e Correio do Povo.
Escreveu e publicou pelo menos 25 livros de sucesso, dentre os quais se destacam:  A Ferro e Fogo, Dona Anja, Os Tambores Silenciosos, Camilo Mortágua, Xerloque da Silva, entre outros.
Em 1951 foi o vereador mais votado de Porto Alegre.
Josué Guimarães morreu no dia 23/03/1986, em Porto Alegre

07/01/1954:  Nasce em São Luiz Gonzaga, o cantor Cesar Lindemeyer.  Iniciou sua carreira artística em São Borja, na década de setenta, mas só ficou conhecido no ambiente nativista após participar da 2ª Califórnia da Canção, realizada em 1972, na cidade de Uruguaiana. A partir da década de 90 radicou-se em Santa Maria, onde faleceu em 09/11/2014.

Gravou 6 discos e deixou um legado de grandes interpretações que o levaram a conquistar mais de 200 prêmios em festivais nativistas pelo Rio Grande a fora.








ANIVERSARIANTES - 07 DE JANEIRO

Gilberto Monteiro - Acordeonista e compositor

João albino de Medeiros Farias - Compositor

Norton César  - Radialista

Vinícius Santos  - Cantor

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

EFEMÉRIDES RIO-GRANDENSES - 05 E 06 DE JANEIRO

05/01/1974: Nasce em Triunfo o músico, cantor e compositor Wilson Vargas. 
Violonista talentoso, era integrante do grupo "Che Alma Guarani", liderado pelo cantor Juliano Javoski, de quem também era parceiro musical.
Registrou algumas canções de sua autoria no CD “Festivaleiro”, lançado pouco antes do seu falecimento, em  08/04/2015.












06/01/1918: Nasce, no distrito de Santo Amaro,
município de General Câmara, o poeta, radialista, compositor e político, Lauro Pereira Rodrigues.
Radialista, foi o primeiro comunicador no Rio Grande do Sul a apresentar um programa de cunho regionalista “Campereadas”,  pela Rádio Sociedade Gaúcha. Neste programa surgiu o acordeonista e cantor Pedro Raymundo.
Político, elegeu-se vereador de Porto Alegre e mais tarde, Deputado Federal.
Em 1958, volta ao rádio para comandar o programa Roda de Chimarrão, diariamente, das 8h30 as 9h30, na Radio Farroupilha.
Era membro da Estância da Poesia Crioula.
Faleceu em 17/12/1978 






06/01 - DIA DE REIS:   Segundo a tradição Cristã, o dia 06 de janeiro seria aquele em que o recém nascido Jesus Cristo recebeu a visita dos Três Reis Magos vindos do Oriente: Gaspar, Melchior e Baltazar. 
Eles trouxeram Incenso, Ouro e Mirra para aquele que viria a ser o Rei dos Judeus.  O ouro representando a realeza; o incenso significando a fé; e a mirra, uma resina de sabor amargo, usada como remédio, remetendo ao sofrimento pelo qual Jesus iria passar.
No dia 06 de janeiro, também, se encerram os festejos natalinos, data em que são desmontados os presépios e as árvores de Natal.

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

NELSON DEIXA OS MONARCAS

Nelson Falkebach, de 70 anos, o baterista do grupo Os Monarcas, fez o seu fandango de despedida no último final de semana.  Após 38 anos, tocando e cantando no grupo gaúcho, Nelson decidiu se aposentar e cuidar de sua fazenda.  Para homenagear o colega, os integrantes do conjunto vão gravar uma música onde ficará registrado em versos que Nelson sai do grupo, mas sempre será um Monarca. 
Na página oficial do grupo no Facebook (/grupoosmonarcas), dezenas de fãs estão publicando mensagens de carinho e de agradecimento ao velho Monarca.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

EFEMÉRIDES RIO-GRANDENSES

A exemplo do que faço no programa Do Litoral a Fronteira, que apresento aos domingos na Rádio Bandeirantes, passo a relembrar também aqui no blog, os fatos históricos importantes, notadamente nos ambientes da arte, da cultural e da história do Rio Grande do Sul.
Escolhi a data de hoje, 04 de janeiro, por ser o dia em que nasceu o meu saudoso e inesquecível pai, Jarcy Cândido dos Reis, que se vivo estivesse completaria 93 anos de idade.
E começo justamente poe ele:


04/01/1923:  Nasce em São Francisco de Paula, o tradicionalista e líder comunitário Jarcy Cândido dos Reis.
No final de década de 40 fixou residência em Santo Antônio da Patrulha, onde casou-se e constituiu família.
No final da década de 50, participou da criação e da fundação do CTG Coronel Chico Borges, tendo exercido quase todas as funções da patronagem, chegando ao cargo máximo de Patrão no biênio 1977/1978. De 1979 a 1981, ocupou o posto de Coordenador da 23ª Região Tradicionalista do MTG.  Foi um dos criadores da "Carreta do Agasalho", ação social executada com o auxilio das entidades tradicionalistas patrulhenses, com o propósito de beneficiar aos menos assistidos.
Em 1982 recebeu o título de cidadão patrulhense. 
Atualmente existe uma rua com seu nome em Santo Antônio da Patrulha.  
A Moenda da Canção também o homenageia, dando seu nome ao troféu dirigido ao Melhor Letrista do festival.
Jarcy Reis faleceu em 17 de agosto de 1986, em Santo Antônio da Patrulha.

04/01/1942:  Nasce em Uruguaiana, o poeta, músico e declamador Marco Aurélio Campos,  reconhecido por muitos como o maior intérprete de poemas gaúchos de todos os tempos.
Integrou o grupo Os Teatinos, deixando registrado no disco “Telurismo” a sua mais brilhante interpretação para o poema de sua autoria intitulado “Eis o Homem”.
Mais tarde, gravou este e mais 10 poemas no seu primeiro LP solo “Poesia Gaúchas”.
Marco Aurélio Campos, o Boca, faleceu em 03/02/1997, em Porto Alegre.














04/01/1996:  Morre o acordeonista, cantor e compositor Honeyde Bertussi, um dos nomes mais importantes do regionalismo gaúcho. Na década de 50, formou, com seu irmão Adelar, a dupla Os Irmãos Bertussi, precursora da autêntica música fandangueira do Rio Grande do Sul.  É autor de diversos sucessos como Oh de Casa, Cancioneiro das Coxilhas, Sangue de Gaúcho, São Francisco é Terra Boa, Cavalo Preto, entre outros.
Honeyde Bertussi tornou-se uma referência para uma geração de artistas regionais.
Foi também radialista e militante do tradicionalismo gaúcho
Honeyde Bertussi nasceu em 20/02/1923 na localidade de São Jorge da Mulada, distrito de Criúva, a época pertencente a São Francisco de Paula, hoje, interior de Caxias do Sul 

04/01/1944: Nasce em Rosário do sul, o poeta e radialista, Edilson Villagran Martins.  Viveu grande parte da sua vida em Santana do Livramento, onde foi Secretário de Turismo e Cultura de 1990/1994, e recebeu os títulos de “Cidadão Honorário” e de “Destaque Literário de 1995”.
Membro da Estância da Poesia Crioula e do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul.
Um dos criadores da Chasqueada da Poesia Crioula e do Festival “Um Canto para Martin Fierro”.  Presidente do Centro de Cultura Crioula URUTA de Santana do Livramento/RS.   Possui mais de cinquenta trabalhos gravados, entre música e poesia.


Lançou também um CD de poemas na sua própria interpretação, e um CD intitulado “Na Fronteira”, em parceria com a acordeonista Natalina Cardoso.
Autor do sucesso “Jujos do Coração” gravado por Walter Moraes.
Atualmente radicado em Rio Pardo onde apresenta o programa "Um Canto de Terra e Pátria". 
Possui quatro livros editados.






04/01/1971:   Nasce em Uruguaiana o advogado, poeta e compositor, Carlos Omar Villela Gomes. 
Integrante efetivo do movimento dos festivais de música e de poesia, tem cerca de 500 composições gravadas, sendo premiado em diversos eventos, tais como a Califórnia da Canção, Reponte da Canção, Minuano da Canção, Musicanto, Coxilha Nativista, Sapecada da Canção, Canto Missioneiro, Sesmaria da Poesia, entre vários outros. Atua também como jurado em diversos eventos poético-musicais. Em 1997 recebeu o Troféu Vitória, concedido pelo Governo do Estado aos destaques no nativismo, sendo premiado na ocasião, como Melhor Letrista do ano.  
Membro do Galpão da Poesia Crioula, de Santa Maria; da CAPOSM(Casa do Poeta de Santa Maria) e da AUL(Academia Uruguaianense de Letras) e da EPC (Estância da Poesia Crioula).
Tem diversos livros e CDs publicados.