sexta-feira, 24 de abril de 2015

35 ANOS DA APRESENTAÇÃO PARA O PAPA


Em 05 de julho de 1980, por ocasião da visita do Papa João Paulo II a Porto Alegre, as invernadas artísticas dos CTGs  Aldeia dos Anjos, Brasão do Rio Grande, Tiarayu, 35 e Cel. Chico Borges, reunidas ao lado do Gigantinho, apresentaram algumas danças tradicionais gaúchas para o Santo Padre.  
O grupo do Chico Borges, naquela ocasião, esteve formado pelos seguintes integrantes: Jairo Reis (eu) e Ana Maria Gomes; Sirângelo Cardeal e Silvânia Cardoso;  Luiz Ângelo Cunha (Gigio) e Silvana Godoy Gil; Márcio Teixeira e Rosi Mari Santos (Zica); Luiz Carlos Ferreira (Luizinho) e Andréa Godoy Gil.  Estavam também conosco, o gaiteiro Zé João, o nosso comandante Milton dos Santos e o Patrão do CTG, Tio Waltor Oliveira, além, é claro, do Tio Djalmo Oliveira e do meu pai Jarcy Reis, que era o Coordenador da 23ª Região Tradicionalista.
Depois de assistir e aplaudir o espetáculo, o Papa fez questão de posar para fotos com aqueles jovens peões e prendas.  Desceu do “papa móvel” e veio em direção ao grupo, abençoando a todos que tocava.  Querendo posicionar-se mais ao fundo, onde causalmente eu estava, o Papa estende o braço esquerdo buscando apoio para o seu caminhar. Ao perceber aquela mão vindo em minha direção, a agarrei e, assim, conduzi João Paulo II com segurança, posicionando-o á minha esquerda, após o que, abracei-o, pousando minha mão esquerda sobre seu ombro, num gesto de acolhimento aquela ilustre e santificada figura.  Emoção e energia indescritíveis para aquele “guri” de apenas 20 anos de idade.
As imagens daquela dia foram veiculadas em diversas emissora de TV, jornais da época, como Zero Hora e Folha da Tarde, e também numa edição especial da Revista Manchete.
Eu sou o jovem barbudo, de camisa branca, colete escuro e chapéu coco, ao lado do "Home". 
Será que alguém mais se identifica na foto ?

Passados 35 anos, gostaria muito de reencontrar aquela turma para rememorarmos as emoções daquele momento fantástico e inesquecível.   Razão pela qual, estou propondo a realização de um Encontro para comemorarmos os “35 Anos da Apresentação para o Papa”.   Uma excelente oportunidade para matarmos a saudade e, entre um chimarrão e uma prosa, trocarmos abraços e reavivarmos velhas amizades.  E, é claro, almoçarmos juntos.

Então, está feito o convite.

Dia 05 de julho, a partir das 11 horas da manhã, no restaurante da Casa da Colônia, no trevo da RS 474, em Santo Antônio da Patrulha.
Fotos e recordações da época serão ingredientes muito bem recebidos no Encontro.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

DIA DO CHURRASCO, DO CHIMARRÃO... E DO 35 CTG

Instituído pela lei 11.929, de 20 de junho de 2003, de autoria do deputado Giovani Cherini, o dia 24 de abril foi definido como o Dia do Churrasco e do Chimarrão.

A data de 24 de abril foi sugerida pelo MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho, porque neste dia, em 1948, era fundado o 35 CTG, o pioneiro dos Centros de Tradição Gaúcha.
Na mesma lei, ficou instituído também o Churrasco como “Prato Típico” e o Chimarrão como “Bebida Símbolo” do Estado do Rio Grande do Sul.  
Viva o Churrasco e Viva o Chimarrão !!!! 


E parabéns ao "pioneiro" 35 CTG pelos 67 anos de fundação.

VI CANTO PARA A APAE ACONTECE EM MAIO.


No dia 20 de maio, a partir das 20h, acontece no Centro Clube em Santo Antônio da Patrulha, a VI Edição do Canto para a APAE, com o tema “A Criança que existe em cada um de nós”.

O evento contará com as apresentações de diversos artistas patrulhenses e alguns convidados especiais. 
No elenco, Claire e Helinho Barcelos, Clóvis e Margarete Salazar, Fred Ribeiro e Corina Castro com participação especial de Lucas Ribeiro na bateria, Liliam Ramos, Débora Ramos, Onira Ramos, Milena Mohr, Pedro Reis (meu irmão) , André Salazar, Saul Ramos, Duda Villa Verde, Márcia Freitas, Laís, Quiltor Prates, Neide Severo, Gabriela Machado, Raffa Ramos, Cássio Farias, Michele Borba, Alice Salazar, Samuca do Acordeon, Teteco, Família Rosa e as meninas Betânia Barcelos Munari e Mirela Barros de Barcelos.

A banda base contará com os músicos: Diogo Barcellos no teclado, Glademir Mellos na bateria, meu filho Germano Reis no violão, Paulinho Machado no violão, Nilton Júnior no piano e Zé Luis no contrabaixo, 

O custo dos ingressos é de R$25,00 para adultos, R$12,00 para crianças de 4 a10 anos. Menores de 4 anos não pagam ingresso. 
O resultado financeiro  reverterá em favor da construção da nova clínica da APAE de Santo Antônio da Patrulha.
Não deixem de participar.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

JOSÉ MENDES FARIA 76 ANOS DE IDADE

Neste dia 20 de abril, completaria mais  um ano de vida o cantor José Mendes Guimarães, conhecido no mundo artístico do Brasil como José Mendes.
Ele nasceu em Esmeralda, então distrito do município de Vacaria, em 20 de abril de 1939.
Foi um dos mais importantes artistas do Rio Grande do Sul.  Compositor com rara sensibilidade e excepcional cantor,  ele gravou oito discos, sendo o de maior sucesso o compacto simples lançado em 1967, no qual estavam registradas as músicas "Para Pedro" e "Mensagem de Saudade". O disco, com apenas estas duas faixas, foi um fenômeno de vendagem, ultrapassando a marca de um milhão de cópias comercializadas. 
Além de cantor e compositor, José Mendes foi ator de cinema, tendo produzido e estrelado três filmes:  Pára Pedro,  Não Aperta Aparício, A Morte Não Marca Tempo.
Faria 76 anos de idade em 2015, não tivesse sua vida ceifada num trágico acidente de trânsito, ocorrido na BR 471, município de Rio Grande, no dia 15 de fevereiro de 1974.
Em 2004, seus restos mortais foram transladados de Porto Alegre para o Memorial José Mendes, instalado junto a Capela Santa Terezinha, localizada entre os municípios de Esmeralda e Pinhal da Serra, região serrana do Rio Grande do Sul.

Em sua breve e bem sucedida carreira, José Mendes deixou sua obra registrada em um Compacto e oito LPs, a saber:
Passeando de Pago em Pago – 1962
(quando ainda usava o nome artístico de “Gaúcho Seresteiro”)
José Mendes - 1967 (Compacto)
Pá... ra Pedro – 1967   
Não Aperta, Aparício -1968
Andarengo – 1969
José Mendes - Mocinho do Cinema Gaúcho – 1970
Gauchadas – 1971
Isto é Integração – 1973
Adeus Pampa Querido (póstumo)  - 1974


sábado, 18 de abril de 2015

FESTIVAIS CAMPO A FORA

Tô faceiro uma barbaridade, com a excelente repercussão do quadro Ronda dos Festivais, que tenho o privilégio de apresentar semanalmente, durante o programa Campo a Fora, atração brilhantemente produzida e comandada pelo meu conterrâneo, meu amigo, meu irmão Odilon Ramos.  Aproveito a “olada” para, de público, novamente agradecer ao Odilon pela confiança na minha humilde capacidade e por conceder-me a fantástica oportunidade para que a minha prosa festivaleira alcance uma ponchada de gente, pelos quatro cantos da querência.

O programa Campo a Fora, por ser veiculado em 29 emissoras de rádio do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, possibilita grande abrangência e se credencia como um canal importante divulgação da arte e da cultura regional gaúcha.

Um baita abraço e o meu agradecimento aos ouvintes do programa Campo a Fora, através das emissoras a seguir nominadas:

Maristela AM – Torres 
Blau Nunes AM – Sta Bárbara Do Sul
Cinderela AM – Campo Bom
Itapuí AM – Santo Antônio Da Patrulha
Liberal FM – Guaporé
Nordeste FM – Bom Jesus
São Luiz AM – São Luiz Gonzaga
Sorriso FM – Panambi
Santiago AM – Santiago
Nativa FM – Alegrete
Cultura FM – Capão Bonito
Clube AM – Lages (SC)
Vida FM – Ciríaco
Gentil FM – Gentil
Liberdade FM – Itaqui
Mais FM – Santo Cristo/Santa Rosa
Sorriso FM – Estrela
Sulamérica.Com
Interativa FM - Maximiliano De Almeida
Comunidade – Viadutos
Caxias AM – Caxias Do Sul
Navegantes FM – Ronda Alta
Cidreira FM – Cidreira
Aliança FM – Guarani Das Missões
Nova Viamão Web – Viamão
Universidade – Santa Maria
Mampituba FM – Mampituba
Radio Bagual Web – Blumenau
Rádio Interativa – Machadinho

sexta-feira, 17 de abril de 2015

ENTREVERO CULTURAL DE PEÕES É NESTE FINAL DE SEMANA

Peões 2014
O município de Marau, no noroeste do Rio Grande do Sul, será sede do 27º  Entrevero Cultural de Peões, que acontece nos dias 17 e 18 de abril. Mais de 40 rapazes estão inscritos para concorrer nas categorias Peão, Guri e Piá, sagrando-se vencedores aqueles com melhor desempenho em provas campeiras, culturais, escrita, oral, artística e ficha relatório.
Outras atrações do evento são missa crioula e fandango.
O Entrevero escolhe, anualmente, dentre os jovens associados de entidades filiadas ao MTG, representantes da cultura, das habilidades artísticas, campeiras e de artesanato, possuidores dos valores tradicionais característicos da identidade cultural do gaúcho.  São objetivos do Entrevero elevar o nível cultural dos participantes, criar condições para o desenvolvimento do espírito de liderança; despertar o interesse pelo estudo e pesquisa de Historia, Geografia, Tradição e Folclore Gaúchos; criar condições para o desenvolvimento de habilidades artísticas, campeiras e artesanato campeiro vinculadas à cultura gaúcha; e engajamento às entidades às quais são filiados e valorização das atividades vinculadas à lida campeira.
Segundo o presidente do MTG, Manoelito Savaris, será mais um grande evento voltado para a juventude que compõem o Movimento Tradicionalista Gaúcho.


Na registro fotográfico acima, feito por Rogério Bastos estão:

Categoria Peão
Peão Farroupilha do RS - Lucas Henrique Xavier - 7ª RT          
2º Peão Farroupilha do RS - Gustavo Taynã Leal de Melo - 3ª RT
3º Peão Farroupilha do RS - Gregory Gonçalves - 11ª RT

Categoria Guri
Guri Farroupilha do RS - Andrei Righi Seixas - 13ª RT
2º Guri Farroupilha do RS - Gustavo Henrique dos Santos - 9ª RT
3º Guri Farroupilha do RS - Giulio Ariel Menin - 20ª RT



Atenciosamente,

Sandra Z. Veroneze
Pragmatha Laboratório de Ideias & Gestão de Projetos
Twitter: @sandrazveroneze

51 3573 3455 / 9370 0619

terça-feira, 14 de abril de 2015

"ORGULHO GAÚCHO" NO PRÊMIO DA MÚSICA BRASILEIRA

O  CD “Orgulho Gaúcho”  do cantor e compositor  Alci Vieira Junior  está entre os pré-selecionados para indicação ao Prêmio da Música Brasileira.
O disco foi lançado recentemente pela Gravadora ACIT e conta com participações especiais de: Elton Saldanha, Leandro Berlese, Lyber Bermudez, Raphael Evangelista, Clarissa Ferreira, Flavio Mendez, entre outros.
Fica a nossa torcida para que este e outros trabalhos de artistas regionais gaúchos figurem com destaque nesta importante premiação.

Prêmio da Música Brasileira:
Em 1987, o então Prêmio Sharp surgiu como um novo incentivo na cultura brasileira, era a festa que faltava para celebrar a diversidade da música produzida em todos os cantos do Brasil!  
Por mais de dez anos foi chamado de Prêmio Sharp, depois recebeu o nome de Prêmio TIM de Música, até que em 2009 passou a ser conhecido como Prêmio da Música Brasileira.
Desde a 21ª edição, em 2010, o Prêmio da Música Brasileira é patrocinado pela Vale que mantém a parceria até hoje.


segunda-feira, 13 de abril de 2015

O CANTOR ADEMAR SILVA MORRE EM PELOTAS

Faleceu, no final da tarde desta segunda-feira, 13 de abril, o cantor, compositor e instrumentista Ademar Silva, um dos artistas mais populares do Rio Grande do Sul.
Foi o primeiro gaiteiro de Teixeirinha, e com ele apresentou-se em festas e eventos no Rio Grande do Sul, no Uruguai e na Argentina.
Também chegou a acompanhar, por pouco tempo, o cantor José Mendes.
Gravou 18 discos, nos quais interpretou diversas músicas de sucesso como "Gaúcho Forasteiro", “Oito de Maio”, Noite Escura”,  “O Amor que Sonhei”, “Homenagem ao Papai”, “Chuva do Bem”, “Rei dos Pampas”, “Saudades de Porto Alegre”, “Velhas Cartas”, entre outras.
Ao longo de seus 51 anos de carreira, Ademar Silva gravou mais de 600 músicas e fez mais de 1.000 apresentações.


Ademar Marques Rataiesky, o  Ademar Silva, nasceu em  15 de novembro de 1943 no município de São Lourenço do Sul, mas morava atualmente em Pelotas.

Algumas imagens do início da carreira de Ademar Silva:

Capa do LP "Um Gaúcho Forasteiro", de 1968.

Nos bastidores da uma emissora de TV

PEDRO ORTAÇA SE APRESENTA NA CAPITAL

Na noite desta segunda-feira, 13 de abril, acontecerá um grande espetáculo na capital dos gaúchos. Trata-se da apresentação do mestre Pedro Ortaça, acompanhado de seus filhos Gabriel, Marianita e Alberto. Uma baita oportunidade para ouvir a autêntica música missioneira a partir das 20 horas, no auditório Dante Barone, da Assembleia Legislativa do Estado.
O ingresso é  1 kg de alimento não perecível, cujo montante arrecadado será revertido em favor da comunidade indígena do Morro do Osso.
Além da qualidade artístico musical do show, o participante estará colaborando com uma relevante causa social.
Todos convidados.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

VEM PRO MATE PELA PAZ MUNDIAL


O Movimento Tradicionalista Gaúcho, a Estância da Poesia Crioula, o Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, a Comissão Gaúcha de Folclore e o Instituto Escola do Chimarrão de Venâncio Aires realizam, de 21 a 24 de abril, o desafio virtual Vem pro Mate.
 A iniciativa tem por objetivo realizar a maior roda de chimarrão virtual do mundo, tendo como tema a paz mundial. O lançamento aconteceu ao meio dia da sexta-feira, 10 de abril, direcionado para todas as pessoas que cultivam o hábito de tomar chimarrão, bebida símbolo do Rio Grande do Sul, sendo ou não tradicionalista.
 As entidades promotoras, ao meio-dia de sexta, publicaram a chamada em seus sites e mídias sociais, desafiando amigos com as hashtags #vempromate #pelapazmundial. Cada convidado deve publicar fotografia tomando chimarrão e desafiar mais três amigos e assim sucessivamente, prevendo-se as publicações entre os dias 21 e 24 de abril.
 O evento culminará às 20h do dia 24, quando os organizadores sugerem que fisicamente as pessoas se reúnam, conforme a disponibilidade, para tomar um chimarrão, com a leitura do poema ‘Pela Paz Mundial’, de Wilson Tubino (segue abaixo). As fotografias do encontro também devem ser publicadas no Facebook, com as hashtags #vempromate #pelapazmundial.
 Segundo os organizadores, a comemoração pelo Dia do Chimarrão é um momento de união das pessoas, celebrando a amizade e a hospitalidade, marcas do povo gaúcho onde quer que resida. De antemão eles avisam que independente de convite, quem se interessar pode ‘se convidar’ para o mate e desafiar mais três amigos quantas vezes desejar (o texto padrão a ser utilizado está disponível nas páginas dos organizadores).
 O Dia do Chimarrão foi instituído pela Lei Estadual 11.929, de junho de 2003. O dia 24 de abril foi escolhido por ser aniversário do primeiro Centro de Tradições Gaúchas fundado, o 35 CTG.

Pela Paz Mundial  (Wilson Tubino)

Chimarrão, seiva bendita
Sumo santo dos ervais
Misteriosa pajelança
Dos Guaranis Ancestrais

Medicina curandeira
Dos males do coração
Força atávica e invisível
Da fraterna comunhão

No silêncio dos teus mates
Sagrada e pura infusão
Sobe aos céus a mais perfeita
E a mais sublime oração

Ligando o homem da terra
Ao deus Tupã nas alturas
Paz trazendo aos corações
E harmonia às criaturas




Atenciosamente,

Sandra Z. Veroneze
Pragmatha Laboratório de Ideias & Gestão de Projetos
Twitter: @sandrazveroneze
51 3573 3455 / 9370 0619