quinta-feira, 20 de julho de 2017

6º CANTO DE LUZ FOI OFICIALMENTE LANÇADO

No dia 30 de junho,  em Ijuí, ocorreu o jantar de lançamento do CD e do DVD da 5ª edição do Festival Nativista Canto de Luz.  Na mesma oportunidade, aconteceu o lançamento da 6ª edição e 2ª edição da Lamparina da Canção Gaúcha.  Em uma noite de comemoração, o público pode apreciar Show nativista dos membros da Associação Cultural Canto de Luz e convidados. A apresentação contou as músicas de todas as edições do festival, e ainda, a apresentação artísticas do Grupo Vocal Querência. O público também foi presenteado com o CD e DVD da 5ª Edição do Festival. 
Na ocasião, as empresas apoiadoras do evento, receberam uma homenagem da Associação Cultural Canto de Luz, em agradecimento ao patrocínio dedicado ao evento, bem como aos voluntários que trabalham na realização do Festival. Na noite, também foi apresentado o conceito das novas peças publicitárias da 6ª edição do Canto de Luz. Material que foi executado pela Agência Terra Vermelha Marketing Promocional, e foi construída a partir da valorização da riqueza da flora e fauna típica do Rio Grande do Sul, mais especificamente da região de Ijuí. As peças apresentam as belezas do nosso bioma através de duas plantas típicas, o Ipê Amarelo e a Erva Mate, e um pássaro, o Quero-Quero, foram selecionados para estampar as peças da campanha.

Na noite do evento, o presidente da Associação Cultural Canto de Luz, Vinícios Hoch anunciou duas grande atrações para a 6ª Edição, o show do cantor Mário Bofill e do Grupo Nuestro Canto.  O evento Canto de Luz Festival Nativista será realizado de 22 a 25 de novembro no CTG Clube Farroupilha, e as inscrições das músicas deverão ocorrer até 29 de setembro diretamente no site do Festival.

domingo, 16 de julho de 2017

EFEMÉRIDES RIO-GRANDENSES - 17 DE JULHO


Em 17/07/1983, morria o poeta, folclorista, professor, jornalista e tradicionalista, Glaucus Saraiva.  
Um dos nomes mais importantes do tradicionalismo gaúcho, Glaucus foi fundador da Estância da Poesia Crioula, fundador do 35 CTG, do qual foi o primeiro Patrão. 
Idealizou e foi o primeiro Diretor Técnico do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, criado  em 27/12/1974.  Também foi o idealizador do Parque Histórico Bento Gonçalves, na Estância do Cristal, em Camaquã.
Criou o Galpão Crioulo do Palácio Piratini, cenário que hoje leva o seu nome.
É autor da Carta de Princípios do MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho, o mais importante documento para a fixação da ideologia e dos compromissos tradicionalistas, aprovada no 8º Congresso Tradicionalista, em julho de 1961 em Taquara – RS.   
Também é autor da nomenclatura simbólica do tradicionalismo, que estabelece os cargos dos centros de tradição.  
É de sua autoria o poema clássico “Chimarrão”, um dos mais declamados pelos peões e prendas de todo os rincões. 
Como escritor, publicou o Manual do Tradicionalismo e o Catálogo da Mostra de Folclore Juvenil. 
Glaucus Saraiva da Fonseca nasceu  em São Jerônimo no dia 24 de dezembro de 1921.