quarta-feira, 14 de outubro de 2009

JORGE FREITAS LOTA TEATRO EM POA.

O Teatro Bruno Kiefer da Casa de Cultura Mario Quintana, ficou praticamente lotado na noite de 13 de outubro de 2009, por ocasião do espetáculo do missioneiro Jorge Freitas, que lançou na capital o seu quinto CD intitulado “Motivos de Campo”. O evento inaugurou o projeto cultural “Cenário Nativo – música regional pra gente da capital” promovido pelo IEM - Instituto Estadual de Música com o apoio da Casa de Cultura Mario Quintana e da empresa Luna Soluções Culturais, de Cruz Alta.
Durante 75 minutos o cantor apresentou músicas de seu mais recente trabalho mescladas com outras já registradas nos discos anteriores.
Reconhecendo a importância de seus parceiros musicais, Freitas chamou para o palco o acordeonista Luciano Rodrigues, seu companheiro no já extinto grupo Terra Viva, e o compositor Érlon Péricles, autor de grande parte das obras gravadas pelo cantor. Promoveu também uma homenagem ao compositor “angüera” José Lewis Bica, falecido recentemente, que contou com as participações especiais de Renato Borghetti, Chico Saratt, Ângelo Franco, Lenin Nuñez, Leandro Rodrigues, Érlon Péricles e Tadeu Martins.
O show teve também as atuações dos músicos Augustinho Munchen no violão base, Edson Macuglia no violão solo, Nando Soares no contrabaixo, Rafa Bisogno na bateria e Thiago Quadros na gaita botoneira, formando o grupo que normalmente acompanha Jorge Freitas.
Na entrada e no palco do Teatro o publico pode apreciar as obras do artista plástico gaúcho Tadeu Martins, com forte influência da temática missioneira.
Por iniciativa do artista, não houve cobrança de ingresso, sugerindo-se apenas a entrega de alimentos não perecíveis para doação ao Asilo Padre Cacique. No total, foram arrecadados 70 kg que foram direcionados a entidade na tarde de quarta-feira, 14.
A próxima edição do projeto “Cenário Nativo” acontecerá no dia 10 de novembro, tendo como atração o cantor Pirisca Grecco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário