segunda-feira, 13 de abril de 2015

O CANTOR ADEMAR SILVA MORRE EM PELOTAS

Faleceu, no final da tarde desta segunda-feira, 13 de abril, o cantor, compositor e instrumentista Ademar Silva, um dos artistas mais populares do Rio Grande do Sul.
Foi o primeiro gaiteiro de Teixeirinha, e com ele apresentou-se em festas e eventos no Rio Grande do Sul, no Uruguai e na Argentina.
Também chegou a acompanhar, por pouco tempo, o cantor José Mendes.
Gravou 18 discos, nos quais interpretou diversas músicas de sucesso como "Gaúcho Forasteiro", “Oito de Maio”, Noite Escura”,  “O Amor que Sonhei”, “Homenagem ao Papai”, “Chuva do Bem”, “Rei dos Pampas”, “Saudades de Porto Alegre”, “Velhas Cartas”, entre outras.
Ao longo de seus 51 anos de carreira, Ademar Silva gravou mais de 600 músicas e fez mais de 1.000 apresentações.


Ademar Marques Rataiesky, o  Ademar Silva, nasceu em  15 de novembro de 1943 no município de São Lourenço do Sul, mas morava atualmente em Pelotas.

Algumas imagens do início da carreira de Ademar Silva:

Capa do LP "Um Gaúcho Forasteiro", de 1968.

Nos bastidores da uma emissora de TV

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei chocada com a notícia,ele foi afilhado de casamento de meu pai,o radialista Darcy Reis Nunes.Que pena!

    ResponderExcluir