sexta-feira, 10 de abril de 2015

VEM PRO MATE PELA PAZ MUNDIAL


O Movimento Tradicionalista Gaúcho, a Estância da Poesia Crioula, o Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, a Comissão Gaúcha de Folclore e o Instituto Escola do Chimarrão de Venâncio Aires realizam, de 21 a 24 de abril, o desafio virtual Vem pro Mate.
 A iniciativa tem por objetivo realizar a maior roda de chimarrão virtual do mundo, tendo como tema a paz mundial. O lançamento aconteceu ao meio dia da sexta-feira, 10 de abril, direcionado para todas as pessoas que cultivam o hábito de tomar chimarrão, bebida símbolo do Rio Grande do Sul, sendo ou não tradicionalista.
 As entidades promotoras, ao meio-dia de sexta, publicaram a chamada em seus sites e mídias sociais, desafiando amigos com as hashtags #vempromate #pelapazmundial. Cada convidado deve publicar fotografia tomando chimarrão e desafiar mais três amigos e assim sucessivamente, prevendo-se as publicações entre os dias 21 e 24 de abril.
 O evento culminará às 20h do dia 24, quando os organizadores sugerem que fisicamente as pessoas se reúnam, conforme a disponibilidade, para tomar um chimarrão, com a leitura do poema ‘Pela Paz Mundial’, de Wilson Tubino (segue abaixo). As fotografias do encontro também devem ser publicadas no Facebook, com as hashtags #vempromate #pelapazmundial.
 Segundo os organizadores, a comemoração pelo Dia do Chimarrão é um momento de união das pessoas, celebrando a amizade e a hospitalidade, marcas do povo gaúcho onde quer que resida. De antemão eles avisam que independente de convite, quem se interessar pode ‘se convidar’ para o mate e desafiar mais três amigos quantas vezes desejar (o texto padrão a ser utilizado está disponível nas páginas dos organizadores).
 O Dia do Chimarrão foi instituído pela Lei Estadual 11.929, de junho de 2003. O dia 24 de abril foi escolhido por ser aniversário do primeiro Centro de Tradições Gaúchas fundado, o 35 CTG.

Pela Paz Mundial  (Wilson Tubino)

Chimarrão, seiva bendita
Sumo santo dos ervais
Misteriosa pajelança
Dos Guaranis Ancestrais

Medicina curandeira
Dos males do coração
Força atávica e invisível
Da fraterna comunhão

No silêncio dos teus mates
Sagrada e pura infusão
Sobe aos céus a mais perfeita
E a mais sublime oração

Ligando o homem da terra
Ao deus Tupã nas alturas
Paz trazendo aos corações
E harmonia às criaturas




Atenciosamente,

Sandra Z. Veroneze
Pragmatha Laboratório de Ideias & Gestão de Projetos
Twitter: @sandrazveroneze
51 3573 3455 / 9370 0619

Nenhum comentário:

Postar um comentário