terça-feira, 15 de novembro de 2016

EFEMÉRIDES RIO-GRANDENSES - 15 DE NOVEMBRO


Na "Casa das 7 Mulheres" Corte Real foi interpretado pelo ator Murilo Rosa
15/11/1805:   Nascia em Rio Pardo, o coronel farroupilha Afonso José de Almeida Corte Real, um dos combatentes mais ativos da Revolução Farroupilha. Era excelente soldado portando qualquer arma que fosse.  Participou da Batalha do Seival e foi feito prisioneiro na Batalha do Fanfa. Levado a prisão do forte de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, fugiu um ano depois junto com o coronel Onofre Pires.
De volta a República Rio-grandense, participou de várias refregas e acabou morrendo, no dia 11/06/1840,  em consequência de um ferimento imposto por uma emboscada Imperial, na Fazenda Barba Negra, localizada ás margens da Lagoa dos Patos, entre Guaíba e Barra do Ribeiro, em terras atualmente pertencentes a empresa Celulose Rio-grandense. Uma versão diz que, ao reagir, levou um tiro na testa. Outra versão menciona que Corte Real confundiu uma força Imperial com uma tropa amiga e ao se aproximar, levou um tiro no flanco, que lhe atravessou os pulmões causando-lhe morte instantânea. Ele tinha 34 anos de idade.
O restos mortais do coronel Afonso Corte Real estão sepultados na Catedral da cidade de Viamão.

"Anita" guarda o sobrado que foi sede da República Juliana, em Laguna
15/11/1839:  Vitória das tropas imperialistas, formada por 12 mil soldados, decreta o fim da República Juliana, criada quatro meses antes, em Laguna/SC,  pelas forças Farroupilhas comandadas por David Canabarro e Giuseppe Garibaldi.
A República Juliana, seria um prolongamento da República Rio-Grandense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário