segunda-feira, 23 de julho de 2018

EFEMÉRIDES - 23 DE JULHO


Morre em Montevideo, capital do Uruguai, o advogado, fazendeiro e político, Gaspar Silveira Martins.
Destacou-se como um dos líderes dos Maragatos na Revolução Federalista, ocorrida de 1893 a 1895.  Foi também conselheiro do Imperador Dom Pedro II, depois, deputado provincial, deputado geral, senador e presidente da província do Rio Grande do Sul. 
Adepto dos gestos largos e dono de uma voz grave e tonitruante, era conhecido como o orador máximo do Império Brasileiro. Por esta razão ganhou a alcunha de Espada de Fogo. 
É de sua autoria a frase “Ideias não são metais que se fundem”.   
Casou-se por quatro vezes e todas as suas mulheres chamavam-se “Adelaide”.
Gaspar Silveira Martins, nasceu em 05/08/1835, no Departamento de Cerro Largo, Uruguai.  Tinha dupla cidadania por ser filho de pais brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário