sexta-feira, 11 de maio de 2012

DESPREPARO PARA O TURISMO


Monumento ao Negrinho do Pastoreio

Na manha desta sexta-feira,11/05,  precisei ir ao Tudo Fácil, no centro de Porto Alegre.  Ao entrar no prédio me deparei com uma estátua do Negrinho do Pastoreio, amarrado em cima de um formigueiro, como diz a lenda do folclore gaúcho.  Achei bonita a obra e pensei em fotografa-la quando saísse do edifício, que leva o nome do personagem.
Qual não foi minha surpresa que, ao sacar do meu celular para tirar a pretendida foto, fui impedido por um dos seguranças do prédio, sob o pretexto de que era proibido bater fotos da estátua. Achei um absurdo, pois era apenas o tempo de um clique e tava feito o serviço. Argumentei com o rapaz, mas não adiantou de nada. Tive que me dirigir  a um balcão localizado no outro lado do saguão, onde me reportei a um jovem que se apresentou como gerente do prédio.  Percebendo uma certa arrogância da figura, resolvi, só por birra, que não sairia dali sem tirar a bendita fotografia. Depois de muitas caras e bocas e justificativas vazias, o tal "gerente" acabou me autorizando, muito a contragosto,  a fotografar o monumento.
Durante e após o episódio, eu imaginava a mesma situação envolvendo um turista, interessado em fotografar aquela obra de arte e sendo impedido de fazê-lo , apenas por capricho de algumas pessoas despreparadas. Que impressão negativa este cidadão iria levar de nós. Seria uma grande vergonha para os porto alegrenses e até mesmo para os gaúchos em geral..
Ao invés de impedir o registro fotográfico da estátua do Negrinho do Pastoreio, não seria o caso de ter alguém ali, ou na recepção do prédio,m com conhecimento mínimo  suficiente para explicar ao possível visitante o significado da obra e de seu personagem ?   Garanto que ficaria muito mais bonito.
É lamentável concluir isto, mas realmente a capital tem muito que aprender para tornar-se uma cidade turística de verdade.
Tomara que até a Copa do Mundo tenhamos nos preparado, senão vai ser um baita fiasco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário