domingo, 6 de janeiro de 2013

DESTAQUES DOS FESTIVAIS EM 2012


O ano de 2013 já está aquerenciado, então, está mais do que na hora de divulgarmos o nosso tradicional levantamento que aponta os MELHORES DE 2012 no universo dos festivais nativistas. 
Poetas, compositores, instrumentistas, declamadores, intérpretes, gente buena e talentosa que abrilhantou os palcos do Rio Grande do Sul - e de Santa Catarina – mostrando competência, criatividade, força interpretativa e virtuosismo instrumental.  
Antes de revelarmos os nomes, é preciso mais uma vez deixar claros alguns critérios que nortearam este levantamento:
1. Foram considerados todos os festivais de cunho nativista ou entendidos como tal,  45 de música e 07 de poesia, realizados no RS, em cujos regulamentos estejam previstas mostras de competição, com as obras concorrentes previamente determinadas por triagem, independente de serem consagrados ou iniciantes, com maior ou menor projeção;  
2. Não integram esta estatística os festivais ditos “de barranca”, que adotam o critério de definição de um tema sobre o qual os participantes devem criar suas obras e apresentá-las no dia seguinte.  Também não foram considerados os festivais apenas de interpretação e os “fechados” para convidados, ou ainda aqueles que fogem dos padrões citados no item 1. 
3.  Além dos eventos promovidos no RS, foram levados em consideração mais 02 festivais de música ocorridos no estado de Santa Catarina,  20ª Sapecada da Canção de Lajes, 6ª Ronda da Canção de Lajes, por se tratarem de certames com características semelhantes aos que ocorrem aqui, além de contarem com participações de vários compositores, músicos e intérpretes gaúchos;
4. Novamente o critério para definição dos destaques foi a cumulatividade, ou seja, a soma dos prêmios conquistados em cada modalidade;
5. As categorias ou modalidades foram definidas pelo autor do levantamento, Jairo Reis, num formato de fácil compreensão.

Os MELHORES DO ANO nos Festivais Nativistas de 2012 são os seguintes:


Na modalidade AUTORES COM MAIS VITÓRIAS, com 3 premiações, os melhores são::


Cristian Camargo:  
11º Acampamento, 
20ª Sapecada,
 1ª Semente;  




Rômulo Chaves: 
23º Grito do Nativismo, 
5º Canto Missioneiro, 
Coxilha Negra- Popular;  


Tuny Brum: 
28º Reponte -Livre, 
2º Vozes do Jacuí, 
6º Gruta em Canto.   



Na sequência, com 2 vitórias, vem os compositores Fabio Prates, Gujo Teixeira, Piero Ereno, Rafael Chiapetta, Robledo Martins, Sergio Carvalho Pereira e Volmir Coelho

Entre os AUTORES COM MAIS SEGUNDOS LUGARES, lideram, com 3 premiações, os compositores:
Carlos Omar Villela Gomes (4º César Passarinho, 32ª Coxilha, 2º Moinho) 
Rafael Ferreira (7º Baqueria de Los Piñares, 10ª Sentinela, 4º Canto Farroupilha);  

Com 2 Segundos Lugares vem na sequência: Carlos Madruga, Diego Muller, Duca Duarte, Érlon Péricles, Fábio Prates, Helvio Casalinho, Luciano Maia, Martin Cesar, Matheus Alves, Piero Ereno, Valdir Disconzi, Zulmar Benitez.

Na lista dos AUTORES COM MAIS TERCEIROS LUGARES, oito nomes estão empatados na liderança, com duas conquistas cada um.
Érlon Péricles (1º Canto Campeiro, 9º Galponeira); 
Glademir Escobar (7º Barra em Canto, 2º Urucanto); 
Gujo Teixeira (6ª Ronda, 19ª Estância); 
João Sampaio (15ª Casilha - Nat, 15ª Casilha – Farr);
Máximo Fortes (18ª Seara, 9º Canto dos Ervais); 
Robson Garcia (4º Canto Farroupilha, 1º Semente); 
Rômulo Chaves (7º Baqueria de Los Piñares, 6º Manancial Missioneiro); 
Volmir Coelho (12º Martin Fierro, 27º Ponche Verde).

No rol dos AUTORES COM MAIS TROFÉUS DE MÚSICA MAIS POPULAR, o compositorRafael Ferreira  lidera com 3 prêmios,  conquistados no 8º Cante Uma Canção em Vacaria, 1º Canto Campeiro e 22º Vigília.

Entre os AUTORES COM MAIS PREMIAÇÕES ALUSIVAS A TEMAS EM GERAL,  novamente o compositor Rafael Ferreira lidera com 3 troféus (1º Canto Campeiro, 22ª Vigília, 10ª Sentinela).










Na modalidade MELHOR INTÉRPRETE MASCULINO,  o cantor com maior número de premiações é Jean Kirchoff, com 9 troféusconquistados nos festivais:  4º Cesar Passarinho, 8º Cante Uma Canção em Vacaria, 2º Coruja, 2º vozes do Jacuí, Coxilha Negra –Popular, 22ª Guyanuba, 10ª Sentinela, 19ª Estância, 27º Ponche Verde. 

Mais distante, com 4 troféus, aparece Miguel Marques.

Na categoria MELHOR INTÉRPRETE FEMININA, três cantoras empataram na liderança com 1 conquista cada uma. Coincidentemente seus nomes iniciam com a letra A:  


Alana Moraes (5º Canto Missioneiro);













Adriana Sperandir (26ª Moenda da Canção); 










Analise Severo  (20ª Tertúlia Nativista).











No quesito INTÉRPRETE COM MAIS PRIMEIROS LUGARES, ou seja, aquele que por sua interpretação levou a música ao prêmio máximo do festival,  lidera mais uma vez Jean Kirchoff com  7 premiações conquistadas nos festivais:  2º Coruja, 2º Vozes do Jacuí, Coxilha Negra 2012, 19ª Estância, 6º Gruta em Canto, 20º Tertúlia, 2º Moinho.  

Logo atrás, GUSTAVO TEIXEIRA aparece com 4 vitórias:  4º Cesar Passarinho, 12º Martin Fierro, 32ª Coxilha, 27º Ponche Verde.









Na categoria MELHOR INSTRUMENTISTA, o violinista Douglas Mendes e o acordeonista Mano Junior, empataram na liderança com4 troféus cada um. 

Douglas foi premiado no 5º Canto Missioneiro, 22ª Guyanuba, 9º Canto dos Ervais, 18ª Seara. 






Mano Junior por sua vez levou a premiação 8º Cante Uma Canção em Vacaria, 4º Levante, 4º Expocanto e 6º Seiva da Terra.
















No quesito MELHOR LETRA/POESIA destacaram-se com 3 premiações os poetas:

Rafael Ferreira (8º Baqueria de Los Piñares, 4º Canto Farroupilha, 10ª Sentinela); 














Zeca Alves (4º Levante, 32ª Coxilha, 9º Canto dos Ervais). 

Logo a seguir com 2 premiações vem os letristas Felipe Corso, Gujo Teixeira, Rodrigo Bauer, Rômulo Chaves e Sérgio Carvalho pereira.












Entre os compositores que levaram o prêmio de MELHOR MELODIA, novamente o grande destaque é  Tuny Brum com 3 troféusconquistados nos festivais: 27º Ronda de São Pedro, 6º Gruta em Canto e 27º Ponche Verde.










No que tange aos festivais de poesia, cabe informar que nossos critérios levaram em conta as modalidades normalmente utilizadas nos referidos certames, quais sejam: Poesia, Interpretação, Amadrinhamento.
Nos 7 festivais realizados em 2012, os destaques foram os seguintes:
O POETA COM MAIOR NÚMERO DE VITÓRIAS é:
Carlos Omar Villela Gomes, cujos 3 primeiros lugares foram obtidos na 1ª Invernada da Poesia, no 1º Sinos do Verso Gaúcho  no 14º Pealo da Poesia. 

Em segundo lugar com 2 vitórias vemRodrigo Bauer,  premiado na 5ª Querência da Poesia e no 10º Bivaque;
Entre os AUTORES COM MAIS SEGUNDOS LUGARES, o poeta Zeca Alves lidera com 2 premiações (5º querência  e 10º Bivaque);

No rol dos AUTORES COM MAIS TERCEIROS LUGARES, aparecem empatados com 1 premiação cada, os poetas Ari Pinheiro, Cândido Brasil,Gilberto dos Anjos, Luciano Salerno, Moacir Dávila Severo, Moisés Silveira de Menezes  e Pedro Junior da Fontoura;

Na modalidade de MELHOR INTÉRPRETE/DECLAMADOR igualmente ficaram empatados com 1 premiação cada um, os declamadores:


Liliana Cardoso (17ª Sesmaria), 



















Neiton Peruffo (14º Pealo), 













Pedro Junior da Fontoura (10º Bivaque), 


















Priscila Campeol (1º Sinos do Verso), 









Vinicius Nardi (1ª Invernada) 



















 Zeca Pereira (5º Querência).


















Entre os INTÉRPRETES COM MAIS SEGUNDOS LUGARES liderança praNeiton Peruffo que conquistou 2 troféus na 1ª Invernada e no 1º Sinos do Verso;

Na turma dos que MAIS CONQUISTARAM O PRÊMIO DE TERCEIRO LUGAR empate entre os declamadores Andréa EloiAriel PereiraPaulo Ricardo SantosPedro Junior da Fontoura  e Priscila Colchete, todos com 1 troféu cada.


No elenco dos INTÉRPRETES QUE DEFENDERAM O MAIOR NUMERO DE POEMAS VENCEDORES, quem lidera é Pedro Junior da Fontoura com 3 premiações, alcançadas na  5ª Querência, 10º Bivaque e 1º Seleta do Verso.








Geraldo Trindade.
No quesito MELHOR AMADRINHADOR, empate com 1 premiação para 14 instrumentistas.

Fabio Soares, André Vieira e Cristiano Klein (5º Querência);
Luciano Salerno e João Batista (1ª Invernada);
Cristian Camargo e Ricardo Comasseto (10º Bivaque);
Geraldo Trindade (14º Pealo);
Dênis Magalhaes, Robson Paines eFernando Aguiar (1º Sinos Do Verso)
Henrique Arboite, Pedro Luiz Lemos eFabrício Vargas (17ª Sesmaria);

Entre os AMADRINHADORES COM MAIS SEGUNDOS LUGARES, destaque para Geraldo Trindade com  2 troféus conquistados nos festivais 1ª Invernada e 10º Bivaque.  

Entre os AMADRINHADORES COM MAIS TERCEIROS LUGARES, liderança absoluta para Marcus Morais com 3 troféus obtidos  no 10º Bivaque, no 1º Sinos do Verso e na 17ª Sesmaria.

A MELHOR MÚSICA INSTRUMENTAL, em 2012, foi premiada apenas na 26ª Moenda da Canção.  Naquele festival, destacou-se o autor da música  “ Nas Asas de Luiz Gonzaga”, Henri Lentino que levou também o prêmio de MELHOR INSTRUMENTISTA.

PARABÉNS aos premiados!!  Que as conquistas e o sucesso sejam maiores em 2013.


Nesta segunda-feira, 07 de janeiro, estaremos repercutindo este levantamento no programa RONDA DOS FESTIVAIS, as 18h, na Rádio Rural AM 1120. www.clicrbs.com.br/rural 

Nos próximos dias, publicaremos também os DESTAQUES 2012 NOS FESTIVAIS INFANTO JUVENIS.


Agradecimento muito especial aos autores das fotos utilizadas nesta postagem, cujos nomes não nos foi possível descobrir.

Em caso de utilização  e reprodução destas informações, por favor, faça o devido crédito a autor do presente levantamento, o jornalista e comunicador JAIRO REIS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário