segunda-feira, 30 de março de 2015

CARRETEIROS: GENTE BOA E HOSPITALEIRA


Durante o 14º Rodeio de Porto Alegre, aconteceu a 1ª Mostra de Carretas de Bois, evento que chamou a atenção pela originalidade, pelo aspecto visual, mas acima de tudo pela sua importância social, cultural e folclórica.  Os carreteiros participantes, e suas dez carretas, formaram um pequeno acampamento, onde os visitantes puderam conhecer melhor a atividade, ouvir histórias, observar os "bois de canga",  visualizar objetos tradicionais e desfrutar da hospitalidade dos carreteiros.
Paulo Barbudo
Domingo, 29/03, atendendo ao convite do Cleber Vieira, coordenador do 14º Rodeio de Porto Alegre, fui almoçar com os carreteiros e pude desfrutar da simpatia, da simplicidade, da alegria e da sua maravilhosa gastronomia que prima pela simplicidade, mas com capricho e "sustância". No cardápio tinha: Churrasco de gado e porco (assado só com lenha), carreteiro de charque, feijão de caldo grosso, pirão de farinha de mandioca, aipim, batata doce, batata abóbora e saladas diversas. 
O líder dos carreteiros é Nelson Kötz, que entre uma carreteada e outra, assume sua função de proprietário de uma loja de pilchas na cidade de São Leopoldo. A ele aos demais carreteiros, deixo meu agradecimento pela forma gentil e divertida com a qual fui acolhido no convívio do grupo.  Saibam que foi um privilégio pra mim.
Mas o personagem mais folclórico e "despachado" da turma, é o Paulo Barbudo, figuraça que, além de saber muito sobre as carreteadas, é tocador de violão, cantor e profundo conhecedor das ervas de chá. Inclusive gravei uma prosa com o Paulo Barbudo, que será veiculada no programa Do Litoral a Fronteira do próximo domingo, 05 de abril. Vale a pena conferir.

Churrasco ao estilo dos Carreteiros.


1º Mostra Cultural de Carretas de Boi



Tradição sendo preservada



Nenhum comentário:

Postar um comentário