domingo, 19 de junho de 2016

EFEMÉRIDES RIO-GRANDENSES - 19 DE JUNHO

O dia 19 de junho nos ambientes da historia, da arte e da cultura rio-grandenses.

19/06/1919: Nasce em Porto Alegre, no bairro Passo da Areia, Leovegildo José de Freitas, conhecido no mundo artístico do Rio Grande do Sul como Gildo de Freitas.  Era compositor, mas se notabilizou como exímio repentista, sendo considerado até hoje como o Rei dos Trovadores.    Participava e era a grande atração do Grande Rodeio Coringa, programa de rádio da década de 60.  Gravou seu primeiro long play em 1963. Depois disso foram mais 14 discos ao longo da carreira.     Rivalizava em popularidade com o também saudoso Teixeirinha.     Por ironia do destino, faleceu no dia 04 de dezembro de 1983, mesmo dia em que Teixeirinha também faleceu, dois anos mais tarde.     Este dia 04 de dezembro foi oficializado por lei estadual como o Dia do Trocador e do Cantor Regionalista, em homenagem a estes dois gênios da música gaúcha.

CRONOLOGIA DE GILDO DE FREITAS 
1931 - Gildo foge de casa pela primeira vez, aos 12 anos. 
1937 - É tido como desertor, por não ter se apresentado à convocação militar. Envolve-se na primeira briga séria, onde morre um jovem amigo. Primeira prisão. Cria ódio da polícia. 
1941 - Casamento com dona Carminha. Passa a ter morada fixa no bairro de Niterói, em Canoas, Grande Porto Alegre. Continuam os contratempos com a polícia. 
1944 - Nasce o primeiro filho depois de dois perdidos. Gildo começa a viajar bastante e a ser reconhecido como trovador. A polícia mantem-se em cima. 
1949 - Trovador com fama ascendente em todo o Rio Grande do Sul, desaparece de casa e reaparece na fronteira gaúcha. Em longa temporada passada no Alegrete, mal consegue caminhar, com problema de paralisia nas pernas. 
1950/51 - Em São Borja, conhece Getúlio Vargas e entra em sua campanha política. Param as perseguições policiais. Primeira viagem ao Rio de Janeiro. 
1953/54 - Faz fama como trovador nos progamas de rádio ao vivo em Porto Alegre. Volta à viver no Passo d`Areia, com a família. 
1955 - Encontro e identificação como Teixeirinha. Muitas viagens. Mudança para o bairro Passo do Feijó e abertura do primeiro bolicho. 
1956/60 - Maior atração do progama Grande Rodeio Coringa dos domingos à noite. Mais viagens com Teixeirinha. 
1961/62 - Declínio dos progamas de rádio ao vivo, televisão começando. Gildo resolve largar de mão a "cantoria" e inventa de criar porcos. 
1963 - Viagem a São Paulo para gravar o primeiro disco. 
1964 - É lançado o primeiro LP. Em meados do ano é "convidado" a prestar depoimento sobre suas ligações com o trabalhismo. 
1965 - Início da célebre disputa com Teixeirinha através dos discos. Jango o convida para viver no Uruguai e ele não aceita. 
1970/77 - Várias internações em hospitais, sucesso popular das gravações, muitas viagens. A "briga" com Teixeirinha chega ao auge. Mudança para Viamão. 
1978 - Inaugura em Viamão a Churrascaria Gildo de Freitas e dá início aos bailões. 
1982 - Grava o último disco, para a mesma gravadora dos outros todos, Continental. Última internação em hospital, últimas aparições públicas em programas de TV. Morte em 4 de dezembro. 



O Maragato Honório Lemes e seus comandados
19/06/1923:  Ocorreu um dos principais conflitos da Revolução de 23, o combate na ponte do rio Ibirapuitã, na cidade de Alegrete. 
De um lado os Maragatos, comandados pelo General Honório Lemes, o Leão do Caverá, á frente do 2º Corpo do Exército Libertador. De outro lado os Chimangos, comandados pelo então Coronel Flores da Cunha, à frente da “Brigada do Oeste”. Dentre seus subordinados estava o alegretense tenente-coronel Osvaldo Aranha. 
Nesta batalha foram empregados uma média de 1.500 homens por exército, mas a logística superior das tropas governista, foi decisiva. 
Desgastada pelas muitas horas de luta, a tropa Maragata optou por abrigar-se na Serra do Caverá, terreno por demais conhecido por Lemes. 
Depois do combate, os Chimangos do Coronel Flores da Cunha, continuaram a perseguição aos já judiados maragatos do General Honório Lemes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário