sábado, 14 de agosto de 2010

SAMUEL COSTA O "SAMUCA".

Conheço o Samuel Costa há uns 20 anos, quando ele recém começava a concorrer como gaiteiro nos rodeios do Rio Grande do Sul. Patrulhense como eu, o "Samuca" já naquela época demonstrava grande habilidade no manejo do acordeon. Seu talento e os inúmeros troféus que conquistou chamaram a atenção de diretores dos principais conjuntos de baile do estado. Os convites apareceram e ele optou por integrar-se ao elenco do Tchê Guri, onde atuou por mais ou menos dois anos, levando a alcunha de "Samuel Negrinho". Já em carreira solo, passou a acompanhar diversos artistas em shows e festivais. Fez parceria com Antonyo Rycardo num espetáculo de música instrumental e atualmente é gaiteiro do grupo que acompanha o cantor Rui Briva. Além disto, não deixou de concorrer em festivais, tendo inclusive classificado um música na 24ª Moenda da Canção, o que acontece de 20 a 22 de agosto, em Santo Antônio da Patrulha, nossa terra. E é lá na Moenda, na sexta-feira, 20, que ele apresenta um baita show em tributo a três grandes acordeonistas: Renato Borghetti, Dominguinhos e Sivuca. Aplaudo aos organizadores da Moenda pelo reconhecimento a importância de Samuel Costa para a música instrumental gaúcha. Eu estarei lá prestigiando o meu amigo e conterrâneo Samuca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário