domingo, 4 de dezembro de 2016

EFEMÉRIDES RIO-GRANDENSES - 04 DE DEZEMBRO


04/12/1982:   Morre em Viamão, Leovegildo José de Freitas, conhecido no mundo artístico do Rio Grande do Sul como Gildo de Freitas.  
Era cantor e compositor, mas notabilizou-se como exímio repentista, sendo considerado até hoje como o Rei dos Trovadores.  Participava e era a grande atração do Grande Rodeio Coringa, programa de rádio de grande audiência na década de 60.  
Gildo gravou seu primeiro long play em 1963. Depois disso foram mais 14 discos ao longo da carreira. 
Rivalizava em popularidade com o também saudoso Teixeirinha. Por ironia do destino, Gildo de Freitas viria a falecer no dia 04 de dezembro de 1982 mesmo dia em que Teixeirinha também faleceu, três anos mais tarde. 
Para homenagear Gildo de Freitas, um dos gênios da música rio-grandense, o dia 04 de dezembro foi oficializado por lei estadual nº 8.819/8, de autoria do então deputado Joaquim Monks, como o Dia do Poeta Repentista Gaúcho.
Após a sua morte, os trovadores denominaram de Trova Estilo Gildo de Freitas, a forma de improviso “em cima” da música “Definição do Grito”, de autoria de Gildo de Freitas, composta de nove versos em redondilha maior, com rimas no 2º, 4º 6º e 9º versos, além do 7º e o 8º entre si.  Atualmente esta é uma das modalidades mais praticadas nos concursos e festivais de trova em todo o Rio Grande do Sul.
Gildo de Freitas nasceu em Porto Alegre no dia 19 de junho de 1919.


04/12/1985: Morre em Porto Alegre o cantor e compositor Vitor Mateus Teixeira, o Teixeirinha.   Teixeirinha conheceu desde cedo as agruras da vida. Perdeu o pai aos 06 anos e a mãe quando tinha 9 anos de idade.  Depois de trabalhar em várias cidades gaúchas, despertou, aos 18 anos, para a sua verdadeira vocação: a música.  
A partir daquele momento, passou a fazer shows em festas e em circos.  Lançou 70 LPS e vendeu 88 milhões de cópias em vida.   
Hoje, 31 anos após a sua morte, esta marca já supera 120 milhões de cópias em todo o mundo. Teixeirinha também foi ator, com participação em 12 filmes, e radialista, apresentando o programa “Teixeirinha amanhece Cantando”.  
O talento, a popularidade e o expressivo número de discos vendidos, de Teixeirinha o fizeram ser conhecido como O Rei do Disco.    
Em sua homenagem, foi instituído o dia 04 de dezembro como o Dia do Artista Regional Gaúcho.
Teixeirinha nasceu no dia 03 de março de 1927, na localidade de Mascarada, situadas na área rural do município de Rolante, à época distrito de Santo Antônio da Patrulha.




04/12/1989:  Para homenagear o trovador Gildo de Freitas e o cantor regionalista Teixeirinha, ambos falecidos num dia 04 de dezembro, esta data foi instituída pela lei nº 8.814/89, de autoria do então deputado Joaquim Monks (foto ao lado), como o Dia do Poeta Repentista e Dia do Artista Regional Gaúcho.

04/12/2014: Morre o tradicionalista e comunicador Vilmar Romera
Uma perda lamentável para o Rio Grande, principalmente para o ambiente artístico e cultural, onde atuava com desenvoltura apresentando rodeios, festivais, programas de rádio e de TV.   Nesta função, comandou atrações como “Fogo de Chão” na TV Difusora Canal 10, “Caminhos do Pampa”, na TV Pampa e “Roda de Chimarrão” na Rádio Difusora. 
Nos últimos tempos apresentava o programa "Fogo de Chão", na Ulbra TV. 
Nestes espaços, oportunizou o surgimento de grandes talentos.  Era um "abridor de portas", como ele mesmo se adjetivava. 
Também era ator e trovador. Criou o bordão “Um Abraço do Tamanho do Rio Grande", com o qual costumeiramente saudava as pessoas. 
Foi patrão do 35 CTG, integrante e fundador do grupo "Cavaleiros da Paz" e um dos promotores da Cavalgada do Mar.   
Grande líder dos Cavaleiros do Mar, certamente teve permissão para entrar "de a cavalo" na Estância Celestial.
Vilmar romera tinha 74 anos de idade e era natural de São Jerônimo.

Um comentário: