sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

EFEMÉRIDES RIO-GRANDENSES - 13 DE JANEIRO

Ruínas de São Nicolau                                   Foto: Portal das Missões

13/01/1626:  O padre Jesuíta Roque Gonzales, cria o aldeamento Guarany San Nicolas (São Nicolau), situado a margem direita do Rio Piratini.  
Este primeiro ato de brancos no território gaúcho, marca o surgimento da província do Rio Grande de São Pedro.









13/01/1750:   Entra em vigor o Tratado de Madri, que definiu os limites territoriais entre as colônias portuguesa e espanhola na América do Sul.    

Pelo tratado, Portugal cedia a Espanha a Colônia de Sacramento e o estuário do Rio da Prata e, em contrapartida, receberia as áreas onde ficam atualmente os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, região onde se formaram os territórios das Missões Jesuíticas. 
Portugal receberia também a porção territorial que corresponde atualmente ao estado de Mato Grosso do Sul




13/01/1852:  Nasce na Vila de Arroio Grande, a época distrito de Rio Grande, atual município de Arroio Grande, o militar e grande líder maragato Gumercindo Saraiva, um dos vultos mais importantes da revolução federalista de 1893.  
Lutou bravamente ao lado de seus irmãos Aparício e Mariano Saraiva. Depois de algum tempo refugiado no Uruguai, Gumercindo volta ao Rio Grande do Sul para juntar sua tropa de 400 homens ao exército do general João Nunes da Silva Tavares, formando assim o famoso Exército Libertador, que pouco tempo depois já possuía um contingente de 12 mil soldados.  
Estrategista que era, Gumercindo evitava os enfrentamentos convencionais, preferindo utilizar a tática de guerrilhas, o que acabou por dar-lhe alguns resultados positivos.
Peleou em vários cantos do Rio Grande do Sul e também em Santa Catarina e no Paraná, retornando ao Rio Grande em 1894.
Em marcha pelos três estados do sul, o General Gumercindo Saraiva e suas tropas percorreram a cavalo, um trajeto de mais de 3.000 km.
Em 27 de junho de 1894 enfrentou sua última batalha.  Enquanto reconhecia o terreno na véspera da Batalha do Carovi, em Capão do Cipó, Gumercindo Saraiva foi atingido traiçoeiramente, por um tiro no tórax, vindo a morrer no dia 10 de agosto de 1894.



13/01/1940:   Nasce em São Borja, o poeta, militar e advogado José Hilário Ajalla Retamozzo.  
Sócio fundador da Estância da Poesia Crioula e seu ex-Presidente.    
Na condição de poeta e compositor, conquistou mais de cem premiações nos principais festivais de Música e de Poesia do Rio Grande do Sul, dentre as quais se destaca o primeiro lugar da 4ª Califórnia da Canção de Uruguaiana, em 1974, com Canção dos Arrozais.
Também é o autor de Poncho Molhadoum dos clássicos da música regional gaúcha, eternizado na voz de José Cláudio Machado. 
Coronel da reserva da Brigada Militar, corporação à qual dedicou-se por 35 anos, Retamozo foi também professor, ensaísta e escritor, tendo publicado dezenas de livros cujas tiragens já ultrapassaram 30 mil exemplares.   Dentre as publicações, destacam-se “Reduto de Bravos”, “Rodeio do Tempo”, “Provincianas”, “Cantos Provincianos” e “Décimas e Milongas”.  
Foi membro da Academia Sul-Rio-grandense de Letras, da Academia de Letras da Fronteira Sudoeste e Diretor do Instituto Estadual do Livro.     
Autor dos Hinos de Rosário do Sul, São Luiz Gonzaga e São Miguel das Missões.   
José Hilário Retamozo faleceu em 19 de setembro de 2004.

Nenhum comentário:

Postar um comentário