domingo, 8 de janeiro de 2017

GAUCHITO GIL - O SANTO GAUCHO ARGENTINO

Por indiciação do me amigo Jaime Ribeiro, músico, compositor e comunicador dos buenos, lá de Uruguaiana, fui pesquisar a vida do Gauchito Gil, personagem folclórico da cultura argentina, que tem forte influência na região da fronteira do Rio Grande do Sul. Me impressionei com sua história e com a veneração que o povo argentino tem por ele.    Merece nosso destaque.


08 DE JANEIRO DE 1878:  Morre Antonio Mamerto Gil Núñez, o Gauchito Gil, lendário personagem da cultura popular argentina.   É considerado o mais proeminente santo gaúcho na Argentina. 
Não está incluído na liturgia católica.
Existem pelo menos três versões sobre sua trajetória de vida, mas todas reconhecem que ele foi inicialmente um trabalhador rural e depois um desertor da Guerra da Tríplice Aliança.  
Comandando um grupo de autônomos, ia de povoado em povoado saqueando e roubando dos ricos para distribuir aos pobres. Perseguido, acabou sendo preso e degolado.
Antes de ser executado, Gauchito disse ao seu carrasco que deveria rezar em seu nome pela vida de seu filho, que se encontrava muito doente.  O comissário assim o fez, e seu filho sarou milagrosamente. Ele então deu ao corpo de Gil um enterro apropriado. 
No local do túmulo de Gauchito Gil, localizado a cerca de 8,2 km da cidade de Mercedes, foi construído um Santuário que recebe atualmente centenas de milhares de peregrinos a cada ano, especialmente no dia  8 de janeiro, dia do aniversário da morte do Santo.
Gauchito Gil, supostamente, nasceu na década de 1840, na área de Pagamento Ubre, hoje Mercedes, província de Corrientes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário